7 trailers de filmes que enganaram o público: De Esquadrão Suicida a Vingadores [LISTA]

Às vezes, os trechos divulgados para promover os filmes acabam sendo melhores que as próprias produções; veja alguns exemplos

Redação Publicado em 16/02/2020, às 16h00

None
Esquadrão Suicida 2 (Foto: Reprodução Warner Bros.)

O primeiro vislumbre de uma nova produção é uma maneira incrível de deixar o público ansioso. Porém, às vezes, esse trecho disponibilizado acaba sendo melhor que o próprio filme - acredite, isso acontece. Pensando nisso, o Screen Rant reuniu alguns trailers que ficaram completamente diferentes dos filmes, quando finalizados. Veja a lista abaixo:

+++ LEIA MAIS: Pocahontas, Cleópatra e mais: 7 personalidades históricas que Hollywood errou ao retratar nas telonas

Esquadrão Suicida (2016)

O filme teve um elenco repleto de estrelas (desde Margot Robbie, Jared Leto a Will Smith), então, o que poderia dar errado? A resposta é: tudo. A produção tem 27% de aprovação no Rotten Tomatoes, e embora tenha sido um sucesso de bilheterias e se tornado o 10º filme mais lucrativo daquele ano, Esquadrão Suicida conseguiu desagradar os críticos e os fãs dos personagens das HQs. 

+++ LEIA MAIS: Aves de Rapina: bombas de glitter ofuscam homens idiotas e exaltam Arlequina como dona de Gotham [ANÁLISE]

O público criticou duramente a edição do filme, que ao contrário das prévias - que eram cativantes e com uma ótima trilha sonora - tinha um tom inconsistente e cenas sobrepostas mal feitas. Além disso, os diálogos dos personagens foram considerados fracos e o desenvolvimento deles ao longo do filme também.

O Coringa de Jared Leto, por exemplo, foi muito explorado no material promocional, mas teve pouquíssimo tempo de exibição. 

+++ LEIA MAIS: Depois de Coringa, Joaquin Phoenix estrelará filme do mesmo estúdio de A Bruxa e Hereditário


Drive (2011)

Os críticos adoraram o enredo sólido e desempenho de Ryan Gosling, mas, ao contrário do que foi ilustrado no trailer, o filme tem ações mínimas. Uma mulher, em Michigan, decepcionada com a produção, chegou a processar a distribuidora do filme por propaganda enganosa. 

+++ LEIA MAIS: 12 atores que quase interpretaram o Coringa: Tom Hiddleston, David Bowie, Ryan Gosling e mais [LISTA]


Godzilla (2014)

Em 2014, Bryan Cranston estava mais popular do que nunca. Na época, ele protagonizava a série da AMC, Breaking Bad, de modo que, qualquer outro filme que ele estivesse no elenco, o sucesso era garantido. Com isso, a equipe de marketing por trás da produção aproveitou do poder do astro e embalou o trailer com o rosto de Cranston

+++ LEIA MAIS: Breaking Bad: Teoria de fã sugere que Gus Fring era envolvido com a CIA

Com isso, o público ficou ansioso para ver o mestre da química lidando com mostros. No entanto, o ator, que interpreta Joe Brody, aparece por aproximadamente 30 minutos no filme. 


Vingadores: Guerra Infinita (2018)

O trailer de Guerra Infinita apresentou momentos eufóricos de todos os heróis correndo juntos. No trecho, Hulk aparece na forma verde e muito zangada pronto para nocautear todos. Mas ele não apareceu nesse retrato. Quando o filme chegou aos cinemas, o personagem havia sido substituído pelo Dr. Bruce Banner, alter ego humano, que aparece pilotando a armadura do Hulkbuster

+++ LEIA MAIS: Vingadores: Ultimato entra para a história do Oscar com recorde negativo

Além disso, o trailer também mostrava o Capitão América lutando com Thanos em Wakanda e que ele havia conseguido coletar duas pedras do infinito naquele momento. No entanto, nesta cena específica do filme, falta apenas uma pedra.

+++ LEIA MAIS: Somente um herói dos Vingadores não enfrentou Thanos no MCU; por que?


Star Wars: O Despertar da Força (2015)

O Despertar da Força é um dos melhores filmes da franquia, Star Wars. A produção arrecadou US $ 2,1 bilhões em bilheterias e foi bem recebido pelos críticos, com 93% no Rotten Tomatoes. No entanto, alguns instantes dos trailers nos prometeram algumas coisas que nunca aconteceram. Por exemplo, uma cena em que Kylo Ren aparece usando o Proto-sabre para se defender em uma floresta que nunca chegou aos cinemas. 

+++ LEIA MAIS: 13 filmes que têm mais de 40 anos e você não fazia ideia: Star Wars, Mad Max e Poderoso Chefão [LISTA]


Depois da Terra (2013)

Para Will Smith, Depois da Terra é "o fracasso mais doloroso da minha carreira". O filme pós-apocalíptico teve uma pontuação sombria de 11% no Rotten Tomatoes.

O trailer indicava que o filme teria Will Smith como protagonista, e Jaden como coajuvante. Então, a maioria das pessoas foi ao cinema para ver Will. No entanto, Cypher Raige (Will Smith) se machuca cedo demais no filme e o filho é deixado para atravessar o mundo pós-apocalíptico por conta própria pelo resto da produção. 


Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (2007)

Boa parte das pessoas que foram assistir ao filme pensaram que se tratava de uma produção de terror. Afinal, o trailer de Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet tinha todos os atrativos comuns de mais uma obra de Tim Burton: ambiente sombrio, maquiagens exageradas, Johnny Depp e Helena Bonham-Carter no elenco e por aí vai. 

+++ LEIA MAIS: Amber Heard admite que bateu em Johnny Depp: ‘Estava tão brava que me descontrolei’

No entanto, o estúdio que produziu a versão cinematográfica da obra, achou que seria uma boa ideia apresentar trailers que escondiam do público o elemento fundamental do filme: a música. Quase 70% da produção consiste em personagens cantando músicas não tão boas e isso chocou o público.


+++ SESSION ROLLING STONE: RUBEL TOCA MANTRA