8 filmes dos anos 1980 com efeitos visuais que impressionam até hoje

Todos os nomes desta lista possuem efeitos melhores que muitos filmes de hoje

Redação Publicado em 13/03/2020, às 09h04

None
Cena de O Enigma de Outro Mundo e de Blade Runner (Foto: Universal Pictures/Warner Bros. Pictures)

Hoje em dia é quase impossível ver um filme que não tenha nenhum efeito visual, também conhecido como computação gráfica. Esses artifícios ficaram populares a partir de 1977, com o lançamento de Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança, e começaram a ser mais explorados em outros filmes nos anos 1980. Além de utilizar os já conhecidos efeitos práticos.

E como era o começo de uma nova tecnologia, boa parte do CGI (computação gráfica), e até mesmo os feitos práticos, dos filmes dessa época não envelheceram bem e, hoje em dia, parecem mais toscos do que convincentes.

+++LEIA MAIS: O que Zoe Kravitz achou do novo uniforme da Mulher-Gato para The Batman?

No entanto, nem todos as computações gráficas dos longas de Hollywood dos anos 1980 não ficaram datadas. Então, veja abaixo 8 filmes dos anos 1980 com efeitos visuais que são realmente bons, tanto práticos quanto digitais, como lembrado pelo Screen Rant.

O Exterminador do Futuro (1984)

Além de fazer de Arnold Schwarzenegger um dos maiores astros de Hollywood, O Exterminador do Futuro trouxe efeitos visuais ótimos, que se sustentam até hoje, mesmo com alguns momentos toscos, como acontece com a cara do T-800 no vídeo acima.


Blade Runner - O Caçador de Androides (1982)

Em Blade Runner, Ridley Scott, diretor do filme, dependeu muito da computação gráfica para criar a imersão profunda da distopia cyberpunk. Mesmo nos dias atuais, os efeitos visuais de Blade Runner são impressionantes, que faz os espectadores não duvidarem da qualidade e se sentirem nesse futuro.


Uma Cilada Para Roger Rabbit (1988)

Com história e personagens cativantes, Uma Cilada Para Roger Rabbit sempre conquistou todo mundo. Claramente dá pra ver que os personagens são animações, mas as feições e movimentos deles entrega a sensação de que os desenhos poderiam existir na vida real.


Star Wars: Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983)

O Retorno de Jedi está em boa parte dos filmes de Star Wars preferidos dos fãs da franquia. As lutas espaciais do filme, feitas quase todas em CGI, são memoráveis e completamente impecáveis, principalmente na cena de ataque à Estrela da Morte II, no final do longa.


O Enigma de Outro Mundo (1982)

Dirigido por John Carpenter, O Enigma de Outro Mundo é um dos mais clássicos filmes de monstros, com criaturas horrorosas, mas bem feitas, criadas a partir de efeitos práticos e visuais, elas podem colocar medo em qualquer pessoa.


Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida (1981)

Um dos filmes mais icônicos e queridos de todos os tempos, Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida é completamente imaculado. Um dos pontos altos do longa são seus efeitos visuais, como na cena na qual milhares de almas são liberadas, e atacam, diversos nazistas.


Um Lobisomem Americano em Londres (1981)

A cena de transforação de David Kessler, interpretado por David Naughton, em lobisomem é uma das mais memoráveis de Um Lobisomem Americano em Londres, um dos filmes de terror mais queridos de Hollywood. É quase impossível esquecer o personagem de Naughton se debatendo na sala de estar por virar lobisomem.


A Mosca (1986)

A Mosca é um dos filmes mais conceituado de Hollywood e várias mídias fazem referência ao longa constantemente. A Mosca representou um marco, não só para o gênero de terror, mas também para o cinema em geral. A transformação do personagem de Jeff Goldblum na Mosca é um dos maiores destaques do filme e do cinema.


+++ SESSION ROLLING STONE BRASIL: DELACRUZ - ANESTESIA