9 mulheres que mudaram a história da música

Essas mulheres transformaram a indústria da música e deixaram sua marca no mundo

Redação Publicado em 09/03/2020, às 14h48

9 mulheres que mudaram a história da música
Reprodução/Amazon

A presença de mulheres na cena musical é extremamente importante para a luta feminista que, há séculos, vem conquistando cada vez mais espaço em diversas áreas da sociedade. Afinal, como não se sentir representada por mulheres tão incríveis e talentosas?

Apesar de já termos grandes mudanças, ainda existem preconceitos que envolvem questões de gênero e que precisam ser quebrados no mundo da música. Por isso, separamos uma lista com nomes e discos de mulheres incríveis que, além de lutarem pelo reconhecimento no meio, nos provaram como a mulher pode (e deve) estar onde quiser! 

 

1. Nina Simone (1933 - 2003) -https://amzn.to/3aI5at4 

 

Nascida nos Estados Unidos, Nina Simone foi a primeira pianista clássica, cantora e compositora negra a fazer sucesso em seu país. Além de conquistar admiradores pelo seu indiscutível talento no jazz, também tornou-se um símbolo de luta pelos direitos civis dos negros norte-americanos na década de 60.

 

2. Whitney Houston (1963 - 2012) -https://amzn.to/2IxPkoZ 

 

Considerada uma das melhores vocalistas de todos os tempos, Whitney Houston foi a cantora, compositora, atriz e empresária mais premiada da história - somando mais de 400 vitórias em sua carreira, além de mais de 300 milhões de álbuns vendidos ao redor do mundo. Sua voz, até hoje, é uma das mais potentes que já existiram, alcançando extensões extremamente altas.

 

3. Janis Joplin (1943 - 1970) -https://amzn.to/2VZCHem 

 

Ícone dos anos 60, Janis Joplin foi a maior cantora de rock de seu tempo. Dona de uma voz potente e rouca, a cantora ganhou destaque por se arriscar em um gênero musical que, até então, era dominado por homens. Faleceu no auge de sua carreira, aos 27 anos, mas deixou um enorme legado na história do rock.

 

4. Aretha Franklin (1942 - 2018) -https://amzn.to/2wGQo7v 

 

Impossível falar sobre soul, gospel e R&B sem mencionar Aretha Franklin. Nascida no Tennessee, Estados Unidos, tornou-se a segunda cantora a receber mais Grammys na história e a primeira mulher a receber uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, em 1979. Além de seu enorme talento musical, também ficou conhecida pela sua luta à favor dos direitos da mulher negra, ganhando o apelido de “a voz da América Negra”.

 

5. Joan Jett (1958 - hoje) -https://amzn.to/2VXYOSg

 

Sem dúvidas, a história do rock não seria a mesma sem Joan Jett. A cantora, compositora, guitarrista e produtora é considerada uma das mulheres mais importantes do gênero musical desde os anos 70, quando ingressou na banda feminina The Runaways - e que, mais tarde, tornou-se a primeira banda de mulheres a atingir a fama internacional - até sua carreira solo, nos anos 80 e 90. Em uma época onde mulheres tocando guitarra não eram bem vistas, a artista quebrou todas as barreiras existentes.

 

6. Joni Mitchell (1943 - hoje) -https://amzn.to/2wGQzjb 

 

A cena instrumental também foi grandemente influenciada por artistas mulheres. Considerada a melhor guitarrista do mundo, a canadense Joni Mitchell foi uma das primeiras mulheres a disseminar o estilo folk e a utilizar acordes de violão e guitarra em suas músicas, apresentando técnicas inéditas - como a incorporação de “slaps” para produzir sons de percussão no violão.

 

7. Elis Regina (1945-1982) -https://amzn.to/38uE1IQ 

 

Considerada uma das maiores cantoras do estilo popular brasileiro nos anos 60, Elis Regina tornou-se conhecida internacionalmente pela sua voz potente, musicalidade sem igual e performance bem emotiva nos palcos. Dedicada à Bossa Nova, realizou LPs de sucesso, além de atuar na televisão e comandar programas sobre MPB.

 

8. Amy Winehouse (1983 - 2011) -https://amzn.to/2W44N8t

 

Dona de um estilo e voz inigualáveis, Amy Winehouse foi a grande responsável por uma revolução no soul nos anos 2000. Ao misturar diferentes influências e ritmos em suas músicas - que possuíam letras bem pessoais e emotivas - acabou abrindo portas para uma nova geração de artistas que persiste até hoje na cena musical. Apesar de ter falecido precocemente, aos 27 anos, Amy é lembrada até hoje pelo seu enorme talento.

 

9. Madonna (1958 - hoje) -https://amzn.to/38HfX5K 

 

Não dá pra falar de mulheres na música sem falar da Rainha do Pop, não é mesmo? Reconhecida como a artista musical feminina mais bem-sucedida de todos os tempos, Madonna já vendeu mais de 300 milhões de discos no mundo inteiro, e desde os anos 80 vem dando uma nova identidade para o mundo pop. Dona de uma personalidade musical e visual inconfundíveis, a artista serviu de inspiração para todos os novos artistas pops atuais.

 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com o site da Amazon. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Rolling Stone pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.