À moda de Lovefoxxx

Nome principal do CSS, Luísa Lovefoxxx cria estampas para o inverno da Triton

Por Anna Virginia Balloussier Publicado em 23/01/2010, às 13h26

Uma coisa que você não sabia sobre Luísa Lovefoxxx: ela é fissurada por troncos de árvore. "Acabei de tatuar um, na costela. Gosto da textura da madeira, de 'tocos' de árvores. Sempre gostei", diz a vocalista do CSS, Cansei de Ser Sexy para os saudosistas. Por tabela, a paixão foi parar na nova coleção da Triton, grife para qual Lovefoxxx fez as estampas (de cogumelos a corujas) apresentadas na São Paulo Fashion Week, encerrada na sexta, 22, depois de seis dias de intensivão de moda brasileira.

Em conversa, por e-mail, com o site da Rolling Stone Brasil, a cantora fala sobre troncos, cogumelos, moda, dietas e outros verbetes recorrentes no dialeto Lovefoxxx.

Como rolou o convite da triton?

Em maio de 2009 ,encontrei com a Karen [Fuke, estilista da Triton] em Londres. Durante as nossas conversas, falei que estava com saudades de fazer estampas. Sempre desenho e acabo fazendo estampas pro CSS, pra bandas de amigos. Mas são estampas de camisetas. Hoje eu posso ir até a Galeria do Rock, abrir uma tela e "silkar" umas camisetas, mas o que eu gosto MESMO é de fazer estampas corridas. Para isso acontecer, uma ida à Galeria do Rock não adianta. A Triton tem acesso à melhor estamparia digital. Você pode usar quantas mil cores quiser...

Você teve liberdade para fazer o que desse na telha?

Meu último emprego "de verdade" foi fazendo estampas na Triton. Para essa colaboração, o trabalho foi bem diferente. Eu tive liberdade total. Adorei!

E aqueles cogumelos que vimos nas estampas, o que você quis passar com eles?

O tronco da árvore representa mais coisas pra mim do que os cogumelos. Eu gosto de textura de madeira, "tocos" de árvores, sempre gostei (acabei de tatuar um na costela). Apenas GOSTO da aparência, textura, de sua forma orgânica e assimétrica. Inicialmente a estampa dos cogumelos ia ter como fundo uma textura de madeira... Mas no fim ficou escura demais e eu troquei. Foi uma decorrência de pensamentos.

Quais eram suas marcas preferidas no Brasil? Agora que você mora fora, seu estilo mudou como?

Eu usava um monte de roupa de brechó, e também Amonstro, Alexandre Herchcovitch, Triton, Fabia Bercsek, Neon.... Depois de viajar tanto, meu guarda roupa ficou um pouco mais internacional. Continuo usando essas marcas brasileiras, mas hoje misturo com Acne, Tsumori Chisato, APC, Miu Miu, Missoni e Agent Provocateur.

De onde veio a inspiração para as estampas da Triton?

Veio da Karen Fuke. Ela é muito inspiradora, faz os desenhos mais lindos com a maior leveza e suavidade. Tem duas filhas lindas... A gente se entende. Inicialmente eu tive uma ideia de fazer uma estampa de sementes (tipo nozes, amêndoas), e não sei da onde isso veio. Acho que da dieta que estou fazendo. Os cogumelos têm a ver com o inverno. Quando chove eles crescem... A teia de aranha é porque eu estava vendo fotos de cogumelos e vi uma que tinha uma aranha. Aí emendei com a idéia.

Dieta? Você faz dieta?

Tenho feito um programa de dieta mais exercícios chamado Body-for-LIFE, do autor Bill phillips, é tudo! Mas agora já mudei de programa. O que eu tenho feito não é só dieta.... é musculação, mais corrida, e uma alimentação mega saudável!

E o novo álbum do CSS? Está em que pé?

Vamos começar agora! Já estamos todos descansados e leves e é isso aí! Mais eu não posso falar.