Abbey Road vira patrimônio histórico da Inglaterra

Estúdios foram salvos pelo governo britânico e não poderão ser colocados à venda

Da redação Publicado em 27/02/2010, às 15h17

O governo britânico declarou nesta semana que os estúdios de Abbey Road, em Londres, se tornaram patrimônio histórico.

O local foi classificado como "edifício tombado de nível 2", segunda categoria mais importante entre os patrimônios da Grã-Bretanha. "Lá foram produzidas algumas das melhores músicas do mundo", justificou a ministra da cultura Margaret Hodge.

Em comunicado, Hodge afirmou que a classificação foi atribuída com base no mérito histórico e à sua enorme importância cultural, e não pela importância arquitetônica da construção. Ser um patrimônio histórico significa que, embora possam ser feitas mudanças no interior do imóvel, qualquer reforma proposta deve respeitar a preservação do edifício.

Essa decisão, portanto, impede a venda dos estúdios Abbey Road. Alguns dias atrás, surgiram rumores de que a gravadora EMI tinha a intenção de vender a propriedade com o objetivo de quitar dívidas. No entanto, os boatos foram negados em posterior comunicado da empresa.

Logo após o anúncio sobre a suposta venda, o ex-beatle Paul McCartney se mostrou preocupado sobre o futuro do estúdio, mobilizando uma campanha pela salvação de Abbey Road.

Os Beatles usaram os estúdios da rua Abbey Road para gravar quase todos os seus trabalhos. Em 1969, eles batizaram o último álbum com o nome do prédio, imortalizando a rua do local na capa do disco.