Pulse

50 anos depois, Abbey Road, dos Beatles, volta a ser extremamente popular

O clássico dos Beatles ganhou em setembro (data do aniversário de 50 anos) uma reedição deluxe com 40 faixas

Emily Blake/Rolling Stone EUA Publicado em 08/10/2019, às 08h02

None
Capa do disco Abbey Road, dos Beatles (Foto:Reprodução)

Não só Abbey Road, dos Beatles, está entre os discos mais amados da crítica - ocupa a posição 14 da lista dos 500 Maiores Álbuns de Todos os Tempos da Rolling Stone - mas também é um dos mais lucrativos para a banda. Apesar de ter sido escrito quando o grupo estava prestes a se separar, o álbum foi um ponto forte comercialmente, e ficou 11 semanas no 1º lugar da Billboard 200 depois de seu lançamento em setembro de 1969. 

Agora, 50 anos depois, Abbey Road ainda vende. O disco ficou em 3º lugar do Rolling Stone Top 200 Albums nesta semana graças a um relançamento “super deluxe” de 40 faixas lançado pelo Abbey Road Studios e Universal Music Group para celebrar o aniversário do álbum.

+++ LEIA MAIS: 50 anos de uma obra-prima: 9 curiosidades sobre Abbey Road, dos Beatles [LISTA]

O disco teve um grande número de vendas na semana entre 27 de setembro e 3 de outubro: 61 mil cópias, e 6.1 milhões streaming de música on-demand. Para comparar, o disco que está em primeiro lugar (Kirk, DaBaby) vendeu na semana de estreia 7.4 mil cópias, mas teve 172,8 milhões de streams.

O relançamento do Abbey Road tem as versões originais das 17 faixas do disco original, remixadas pelo produtor Giles Martin e Sam Okello, e outras 23 gravações que incluem  sessions e demos. O Abbey Road Studios fez lançamentos similares para os 50 anos de White Album e Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band.