Aborto em caso de estupro: o que os brasileiros pensam sobre a lei?

Um novo levantamento foi realizado pelo Instituto Locomotiva em parceria com o Instituto Patrícia Galvão; confira

Redação Publicado em 09/11/2020, às 13h22

None
Ativistas marcham pelo direito pró-escolha em 28 de setembro de 2017, no Rio de Janeiro (Foto: Mario Tama / Getty Images)

Uma pesquisa inédita feita pelo Instituto Locomotiva em parceria com o Instituto Patrícia Galvão mostra que 82% dos brasileiros são a favor do aborto em casos de estupro. A notícia foi dada pelo Uol Universa no último domingo, 8.

+++LEIA MAIS: Ministra Damares tentou ativamente evitar aborto de criança de 10 anos

O levantamento "Percepções sobre estupro e aborto previsto em lei", realizado com 2 mil pessoas ao redor do país - com idade, classe social e gênero variados -, também mostra que 8% das pessoas acreditam que o aborto não deveria ser permitido em nenhuma hipótese, enquanto 12% são a favor do aborto em qualquer situação.

Atualmente, no Brasil, o aborto, quando induzido, é um crime contra a vida humana, como previsto pelo Código Penal Brasileiro desde 1984. 

+++ LEIA MAIS: Como o estupro é romantizado na cultura pop - e não podemos mais aceitar isso

Aqui, o aborto só não é qualificado como crime em três casos: quando a gravidez coloca a vida da mãe em risco, quando a mesma resulta de um estupro ou quando o feto é anencefálico. Em outros casos, a gestante está sujeita à pena de uma a três anos.


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes!


+++ TERNO REI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO