AC/DC: “Sentimos falta de Malcolm”, diz o vocalista Brian Johnson

Banda gravou novo álbum, Rock of Bust, já sem a presença do guitarrista, diagnosticado com demência

Redação Publicado em 03/10/2014, às 10h25 - Atualizado às 17h14

Brian Johnson (à dir.) e Angus Young, do AC/DC, se apresentam no Madison Square Garden, em Nova York. em, 2008.
Jeff Zelevansky/AP

A saída de Malcolm Young da formação do AC/DC, por motivo de saúde, deixou a banda abalada. E nem mesmo a gravação de um novo disco ajudou Brian Johnson e companhia a seguirem em frente. “Sentimos a falta do Malcolm, obviamente”, disse o vocalista em entrevista à revista Classic Rock - as informações são do site Ultimate Classic Rock.

O AC/DC faz parte da nossa lista de roqueiros bons de marketing.

A banda continuou a trabalhar no álbum, Rock or Bust, com Stevie Young, sobrinho de Malcolm e do ainda guitarrista e irmão dele Angus, mas a transição foi bastante emocional, como revela Johnson: “É difícil gravar quando isso está com você". "Stevie foi magnífico", completa ele.

Rock or Bust é primeiro disco da banda em seis anos – e primeiro em todos os tempos sem o guitarrista base Malcolm Young. Ele terá 11 faixas inéditas e chega às lojas em 2 de dezembro.

Edição 27: AC/DC e o Manual do Rock & Roll.

A banda australiana gravou o álbum em dez dias no primeiro semestre deste ano no Warehouse Studio, de Vancouver. A produção é assinada por Brendan O’Brien e a mixagem por Mike Fraser, os mesmos de Black Ice, disco lançado em 2008.

Saúde de Malcolm Young:

A família de Malcolm Young confirmou nesta terça-feira, 30, em um comunicado divulgado pela revista People que o músico sofre de demência."Malcolm está bem e nós agradecemos por respeitarem a privacidade dele", diz o breve comunicado. A declaração confirma os rumores de que o guitarrista e fundador da banda australiana AC/DC sofre da doença e que, por isso, está saindo do grupo. A demência é a perda da função cerebral que ocorre com determinadas doenças como mal de Parkinson, esclerose múltipla, doença de Huntington, doença de Pick e Alzheimer. Ela afeta a memória, o raciocínio, a linguagem, o juízo e o comportamento.

Entrevista: "Malcolm Young é um cara impiedoso, que fez tudo para chegar ao sucesso", diz biógrafo do AC/DC.

As primeiras notícias sobre o estado de saúde de Malcolm Young foram divulgadas em abril deste ano, quando a banda anunciou que ele tiraria uma folga por tempo indeterminado e não participaria da gravação do novo álbum. Stevie Young, sobrinho de Malcolm, foi convidado para assumir a guitarra durante o registro do trabalho e sairá em turnê mundial com o AC/DC em 2015.