"Acho que o Van Halen acabou", diz David Lee Roth

Em meio aos planos de reunião do Van Halen para uma turnê em 2019, David Lee Roth descartou a ideia

Redação Publicado em 02/10/2019, às 16h00

None
David Lee Roth e Eddie Van Halen (Foto: Greg Allen/AP)

Não é segredo para ninguém que a relação entre Eddie e Alex Van Halen com o ex-vocalista da banda, David Lee Roth, sempre teve atritos. Inclusive, em meados de 1986, Roth deixava o Van Halen em meio a muito ressentimento de ambas as partes.

Recentemente, surgiram planos de uma reunião para uma possível turnê do Van Halen em 2019. No entanto, isso não saiu do papel e em entrevista para a rádio WRIF, David Lee Roth até disse: “acho que o Van Halen acabou”.

+++ LEIA MAIS: David Lee Roth e irmãos Van Halen sempre se odiaram, afirma vocalista

“[Essa turnê] foi cancelado inúmeras vezes. Acho que o Van Halen acabou e isso é a próxima fase”, revelou o cantor.

Em agosto deste ano, o músico já havia falado sobre a relação com os integrantes da banda em uma entrevista para o podcast WTF com Marc Maron. O cantor revelou como seu ódio pelos irmãos continua e ele não convive com ambos até hoje: "Nós sempre nos odiamos, até o último telefonema".

+++ LEIA MAIS: Van Halen teve medo do Nirvana e do surgimento do grunge, admite vocalista

Ele ainda completa: "Sempre existiram diferenças criativas. Nunca nos demos bem. Começamos em bandas rivais, mas fomos jogados juntos e isso foi incrível”.

Apesar da separação em 1986, o último disco do Van Halen, A Different Kind of Truth (2012), contou com a participação de Roth no vocal - e celebrou a volta do músico à posição depois de cinco álbuns lançados entre 1986 e 1998 - período em que Sammy Hagar e Gary Cherone assumiram o microfone. 

O disco rendeu uma turnê pela América do Norte em 2015. No entanto, após o término da tour, Van Halen e Roth seguiram caminhos separados.