Acusada de envolvimento em esquema de tráfico sexual, atriz de Smallville deixa prisão

Presa na última sexta, 20, Allison Mack pagou uma fiança de U$ 5 milhões para ser liberada

Redação Publicado em 25/04/2018, às 12h28 - Atualizado às 13h39

A atriz Allison Mack, acusada de envolvimento em esquema de tráfico sexual
Frank Franklin II/AP

Allison Mack, conhecida por interpretar Chloe Sullivan na série Smallville, deixou a prisão NA última terça, 24, após pagar fiança de U$ 5 milhões, o equivalente a aproximadamente R$ 17,3 milhões. A atriz havia sido presa na sexta, 20, sob acusações de participar de um esquema em que recrutava mulheres para servirem como escravas sexuais.

Solta por um juiz magistrado dos Estados Unidos, Allison concordou em permanecer em prisão domiciliar, morando com os pais, mas somente após eles concordarem em colocar a casa da família, em Los Alamitos, Califórnia, como garantia. A atriz se diz inocente.

De acordo com os procuradores envolvidos no caso, ela fazia parte do que pode ser considerada uma sociedade secreta, liderada por Keith Raniere, guru de autoajuda e fundador da NXIVM, preso em março e sem opção de fiança, condenado por crimes de tráfico de escravas (ele as marcava, com uma caneta cauterizadora na região da pélvis, com um símbolo que continha suas iniciais) e formação de quadrilha para prática de trabalhos forçados.

Autoridades acreditam que aproximadamente 50 mulheres foram escravizadas e forçadas a ter relações sexuais com Raniere. Elas eram obrigadas a fornecer informações pessoais, além de direitos aos bens que possuem e fotografias nuas, que seriam usados como chantagem caso quisessem deixar a seita.