Ad-Rock fará primeira aparição pública desde a morte de MCA

Beastie Boy vai atuar como DJ em evento beneficente para supostas integrantes da banda Pussy Riot

Rolling Stone EUA Publicado em 12/06/2012, às 11h26 - Atualizado às 11h36

Adam Horovitz
AP

Adam Horovitz (Ad-Rock) vai fazer a primeira aparição pública após a morte de Adam Yauch (MCA), seu companheiro nos Beastie Boys, nesta terça, 12. O rapper vai participar de um show beneficente no Brooklyn em prol das supostas integrantes banda punk russa Pussy Riot que estão presas. Horovitz atuará como DJ, e o show vai incluir live sets de Heliotropes, Shady Hawkins e TinVulva.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O evento está sendo organizado pelo grupo feminista de arte Permanent Wave e será realizado no Death by Audio, em Williamsburg, com a doação mínima de US$ 7.

Três possíveis integrantes do Pussy Riot (a banda se apresenta com máscaras) – Maria Alekhina, Nadezhda Tolokonnikova e Ekaterina Samucevich – foram presas por vandalismo, e podem receber uma pena de até sete anos. Elas são acusadas de participar de um evento de punk rock contra o regime de Vladimir Putin. O show beneficente nos Estados Unidos irá arrecadar dinheiro para a defesa legal das três mulheres.