Adam Savage, do Mythbusters, é acusado de abusar sexualmente da irmã

Segundo Miranda Pacchiana, o astro a agrediu sexualmente durante vários anos — Savage nega as acusações

Redação Publicado em 01/07/2020, às 12h56

None
Adam Savage de Mythbusters (Foto: Getty Images / Jason Merritt / Term)

Nesta quarta, 1, Adam Savage, apresentador do Mythbusters, foi acusado de abusar sexualmente "várias vezes" a própria irmã, segundo o Consequence of Sound. Miranda Pacchiana, irmã de Savage, alegou que ele a agrediu sexualmente durante vários anos. 

De acordo com a publicação no blog pessoal, The Second Wound, os abusos começaram quando ele tinha nove anos e ela sete.

"Quando criança, essa experiência abalou o meu senso de segurança e esmagou minha autoconfiança", relatou Pacchiana. “Nas décadas seguintes, lidei com períodos de depressão e ansiedade constantemente. Esses sintomas interferiram em todos os aspectos da minha vida e atrofiou as minhas aspirações de carreira e me roubou inúmeros prazeres simples". 

Em declaração à Variety, Savage negou as acusações. "Embora eu espere que minha irmã receba a ajuda de que precisa para encontrar a paz, isso precisa acabar", disse a personalidade. 

"Por muitos anos, ela atacou a mim e a outros integrantes da minha família para quem quisesse ouvir espalhando inúmeras histórias falsas sobre nós em busca de um ganho financeiro. Ela torturou toda a nossa família e se afastou de todos nós. Lutarei contra esse processo infundado e ofensivo e trabalharei para acabar com isso de uma vez por todas". 

A mãe de Savage e Pacchiana, Karen Savage, também publicou uma declaração, na qual condena o processo. "Fico muito triste em dizer isso, mas minha filha sofre sérios problemas de saúde mental, e é devastador que ela esteja colocando Adam e toda a nossa família nisso". "Adam é um bom homem, e eu o apoio completamente", acrescentou. 

Savage esteve presente em 282 episódios de Mythbusters antes que o programa fosse cancelado pelo Discovery Channel em 2016. 


+++ A PLAYLIST DO SCALENE