Adele fala sobre 25, as origens de “Hello” e tristeza em novas entrevistas

“Senti-me um pouco boba cantando ‘Hello, it’s me’, mas logo amei o verso e sabia que seria a primeira coisa com a qual voltaria”, disse ela à Apple Music

Rolling Stone EUA Publicado em 23/10/2015, às 13h02 - Atualizado às 13h11

A cantora britânica Adele

Ver Galeria
(5 imagens)

No mesmo dia em que Adele promoveu o retorno dela, com os novos single e clipe “Hello”, a Apple Music e a SiriusXM divulgaram entrevistas com a cantora, discutindo a faixa e o álbum que está por vir. “Esta canção foi uma grande conquista para mim e minha composição, porque eu estava bem devagar até este ponto”, disse ela sobre “Hello”.

Galeria: como curar um coração partido.

“Eu senti que, depois de trabalhar com [o produtor de “Hello”] Greg [Kurstin] nisso, o resto todo meio que derramou para fora de mim”, explicou a cantora britânica à SiriusXM. “Imediatamente, senti-me um pouco boba cantando ‘Hello, it’s me’, mas logo amei o verso e sabia que seria a primeira coisa com a qual voltaria.”

Conforme Adele disse à Apple Music, ela também gostou da ideia de recuperar o diálogo dela com os fãs com “Hello”, uma vez que “a música é muito confessional”. “Eu sabia logo de cara que isso seria a primeira coisa que todo mundo iria ouvir e que abriria meu álbum”, assumiu ela. “Rolou um certo convencimento, mas na época que a produção chegou ao fim e nós terminamos a faixa, todo mundo gostou.”

Os fãs britânicos ficaram sabendo de “Hello” quando uma prévia de 30 segundos da música apareceu sem aviso prévio durante um intervalo comercial do programa X Factor no último domingo, 18. “Foi uma grande jogada de marketing”, disse Adele à Apple Music, sobre o comercial que virou viral, acrescentando que ela não comanda suas contas nas redes sociais – tem medo de escrever algo estúpido.

Galeria: dez prodígios da arte e do entretenimento que chegaram muito longe muito cedo.

“Tem sido um processo muito lento para mim”, disse ela. “Estou debruçada sobre um álbum por um bom tempo, guardando tudo em segredo”. A divulgação do vídeo com o comercial com a prévia de “Hello” foi um alívio para a cantora britânica, que gravou 25 há dois anos.

Falando à SiriusXM sobre a sonoridade de 25, Adele disse que há leveza e – como “Hello” – tristeza no trabalho, e explicou porque ela classificou o álbum como de “conciliação”, em recente carta aberta (veja mais aqui>). “Há certa tristeza nele só porque eu gosto de ser dramática, sou meio que uma drama queen”, disse.

Edição 76: O triunfo de Adele.

Ela acrescentou: “Não é tão temático quanto meu último trabalho. A razão pela qual eu disse que é um disco de ‘conciliação’ soa super clichê, mas meu álbum passado foi taxado como um ‘disco de separação’ – o que fazia sentido, por que era realmente um disco de separação. Este álbum é sobre como eu me sinto, em oposição a como alguma outra pessoa me faz sentir, é sobre como eu me fiz.”

25 é o terceiro álbum de Adele, dando sequência à estreia 19 e ao sucesso absoluto 21. “Sinto que a ideia de nomear meus discos com minha idade é meio que como tirar fotografias da minha vida”, explicou a cantora, agora com 27 anos de idade, à Apple Music. Ela acrescentou que “a magnitude das coisas que aconteceram” quando ela tinha 25 anos – incluindo o nascimento do filho dela – influenciaram o disco.

Entretanto, este será o último disco de Adele a ter um número como título, conforme ela revelou. “25 anos é a idade perfeita para encerrar a [sequência de] álbuns intitulados com a minha idade.”

Tracklist de 25

1. "Hello"

2. "Send My Love (To Your New Lover)"

3. "I Miss You"

4. "When We Were Young"

5. "Remedy"

6. "Water Under the Bridge"

7. "River Lea"

8. "Love in the Dark"

9. "Million Years Ago"

10. "All I Ask"

11. "Sweetest Devotion"