Adele diz que não se importaria em parar de fazer turnês no futuro

“Eu ainda gosto de gravar discos, mas ficaria bem se não ouvisse mais os aplausos novamente”, declara a cantora à Vanity Fair

Redação Publicado em 01/11/2016, às 16h37 - Atualizado às 17h11

Adele durante o show dela como headliner no festival britânico Glastonbury de 2016

Ver Galeria
(3 imagens)

Às vésperas de encerrar a expedição mundial do disco 25, Adele declarou não se importar em ter que parar de fazer turnês no futuro.

“Eu ainda gosto de gravar discos, mas ficaria bem se não ouvisse mais os aplausos novamente”, disse a cantora em entrevista recente à Vanity Fair. “Eu estou apenas fazendo essa turnê para ver todas as pessoas que me apoiaram. Não me importo com o dinheiro. Sou britânica e nós não temos essa coisa de querer ganhar dinheiro o tempo todo.”

LEIA TAMBÉM

[Lista] Melhores Álbuns Internacionais de 2015

[Galeria] Dez momentos divertidos de Adele

[Capa] Adele retorna com 25 (2015)

Adele afirmou também que não pensaria duas vezes se precisasse abandonar uma apresentação caso o relacionamento com amigos próximos e familiares começasse a ser afetado. “Todos os relacionamentos que tenho são mais importantes para mim do que qualquer show e turnê. Se minha relação com meu parceiro Simon e meu filho Angelo fosse de alguma forma afetada, eu não pensaria duas vezes em cancelar qualquer show ou turnê que fosse.”

“Minha vida é mais importante para mim do que qualquer outra coisa que eu estiver fazendo. Como posso escrever e gravar um álbum se não tiver uma vida?”, continuou a intérprete e compositora, que com 25 deu continuidade à estreia 19 e ao sucesso absoluto 21. “Se eu não tiver uma vida real, então o jogo estará acabado.”

Não foi a primeira vez que Adele revelou não ser uma grande fã das apresentações ao vivo e das extensas turnês mundiais: “Estar no palco diante de muitas pessoas todas as noites e por muito tempo é extremamente solitário”, disse à Times, em dezembro do ano passado. “Evidente que vou ter meus amigos e familiares comigo, mas a ideia de o quão solitário pode ser me assusta mais do que o próprio desgaste de uma turnê mundial.”

Em turnê desde fevereiro, Adele passa agora pela metade da perna norte-americana da expedição. A última apresentação, nos Estados Unidos, acontecerá em Phoenix, no estado do Arizona, em 21 de novembro.