100 anos de Adoniran Barbosa

Compositor de clássicos como “Trem das Onze” e “Saudosa Maloca”, sambista completaria centenário nesta sexta, 6

Redação Publicado em 06/08/2010, às 12h05

Relembre abaixo textos publicados na Rolling Stone Brasil e vídeos de Adoniran com Elis Regina e Clara Nunes.

Sambista compôs a trilha da miscigenação brasileira

Por André Maleronka

Texto do especial "100 Maiores Artistas da Música Brasileira", publicado na edição 25, outubro/2008

João Rubinato (1910-1982) criou o tragicômico Adoniran Barbosa quando era radialista, e a alcunha acabou por batizar o tragicômico sambista que ele se tornou anos mais tarde. Ainda que atacado pelos xenófobos do samba carioca como um "autor menor", o sotaque e os erros de português que imprimiu ao cancioneiro nacional foram invenções geniais. Sua obra é um mergulho na alma da miscigenação brasileira acontecida em São Paulo. A voz boêmia e a forma engraçada que escolheu para narrar os desoladores episódios do cotidiano dos sofredores paulistanos é um documento histórico e música da melhor qualidade. Em vida, gravou apenas três álbuns, repletos de clássicos como "Tiro ao Álvaro", "Trem das Onze" e "Samba do Arnesto".

Trem das Onze

Por Assis Angelo

Texto do especial "100 Maiores Músicas Brasileiras", publicado na edição 37, outubro/2009

Verdadeiro cartão-postal sonoro da capital paulista, "Trem das Onze" [número 15 da lista] foi composta em fins dos anos de 1950, mas ficou esquecida por cinco anos. Não fosse o produtor Braz Baccarin, da extinta Continental, provavelmente esse samba jamais fosse gravado - e só o foi por imposição dele, que queria que o grupo Demônios da Garoa, que estava em baixa, voltasse ao mercado com um disco recheado de músicas de Adoniran, de preferência inéditas. Ao remexer a gaveta, o fundador Arnaldo Rosa se deu conta do esquecimento. Arranjada às pressas, foi gravada numa madrugada de julho de 1964 e lançada em agosto do mesmo ano. Todo mundo conhece a saga do rapaz que mora no Jaçanã e não pode perder o trem.

Trecho do programa Ensaio, gravado pela TV Cultura em 1972: "Saudosa Maloca", "As Mariposa" e "Um Samba no Bixiga":

Adoniran e Elis Regina, imagens gravadas em 1978: "Iracema", "Um Samba no Bixiga" e "Saudosa Maloca"

Adoniran e Elis Regina, imagens gravadas em 1979: "Abrigo de Vagabundos"