Advogado que acusa Led Zeppelin de plágio é chamado de “não profissional” em caso contra Usher

Francis Malofiy entrou com outro processo de cópia indevida contra o cantor de R&B e outros 19 músicos

Rolling Stone EUA Publicado em 26/05/2014, às 11h09 - Atualizado às 11h38

O peixe de Led Zeppelin - Galeria
Reprodução/Facebook oficial

Um juiz federal da Pensilvânia, nos Estados Unidos, ordenou sansões contra o advogado que se prepara para processar o Led Zeppelin por plágio na música “Stairway to Heaven”, por considerar que este agiu “de forma não profissional e ofensiva” em outro caso. De acordo com o site da revista The Hollywood Reporter, Francis Malofiy entrou com uma ação de plágio contra Usher e outros 19 músicos.

Quatro décadas depois, Led Zeppelin será processado por plágio em “Stairway to Heaven”.

Malofiy representou o compositor Dan Marino, cujo processo afirma ser o criador da melodia base da música “Bad Girl”, de Usher, assim como da progressão dos acordes usada nela, enquanto trabalhava com os também compositores William Guice e Dante Barton.

De acordo com o juiz Paul Diamond, Malofiy teria feito Guice acreditar que ele era a única testemunha do caso e o coagiu a assinar documentos sem a presença do próprio advogado. “As negociações de Malofiy com Guice são o paradigma de má fé e má-conduta intencional”, escreveu o juiz. “Os réus estão mostrando claramente que o advogado Francis Malofiy agiu de forma vergonhosa.”

O juiz ainda afirmou que Malofiy teria feito comentários “sexistas e abusivos” durante o caso, inclusive dizendo a outro advogado para “não ser uma menininha”. O Malofiy também teria declarado que “Usher tem US$ 130 milhões e vou tirar cada centavo dele”.

Robert Plant descarta a ideia de uma turnê do Led Zeppelin: “Eu não sou uma jukebox”.

Em um comunicado enviado à imprensa, Malofiy se opôs ao que foi dito pelo juiz e diz ter sido “honesto com o senhor Guice.”

Malofiy ficou mundialmente conhecido ao afirmar que o Led Zeppelin roubou a introdução da faixa “Stairway to Heaven”, de 1971, da música “Taurus”, da banda Spirit, lançada três anos antes. O advogado afirma que irá entrar com o processo para impedir que o disco Led Zeppelin IV seja relançado.