Advogados de Michael Jackson assustaram as testemunhas de Leaving Neverland, diz diretor

"Jackson era conhecido por ser extremamente agressivo com qualquer um que cruzasse seu caminho", conta Dan Reed

Redação Publicado em 29/03/2019, às 12h34

None
Michael Jackson (Foto: Agent Press)

Dan Reed, diretor do documentário Deixando Neverland, em recente entrevista para o Channel Seven, comentou sobre o medo que os entrevistados sentem dos advogados de Michael Jackson.

"Entrevistei muitos policiais investigativos e conversei com outras pessoas, o nível de medo foi bastante alto", conta o diretor.

"As pessoas têm medo do poder dos advogados e de sua riqueza. Jackson era conhecido por ser extremamente agressivo com qualquer um que cruzasse seu caminho."

O filme apresenta depoimentos emocionantes de James Safechuck e Wade Robson, dois homens que alegam terem sofrido abusos sexuais de Michael Jackson.

A entrevista de Reed para o Channel Seven aconteceu logo após um ex-amigo do astro do pop revelar que acredita nos depoimento feitos no documentário. 

"Eu não acredito que eles estejam mentindo e nem que a vergonha e a culpa que está sendo vivenciada pelos pais sejam falsas", comenta.

O diretor também criticou o comportamento "horrível" das celebridades que tentaram defender Michael Jackson.

Algoritmo da Vida: novo projeto da Rolling Stone Brasil busca sintomas de depressão mas redes sociais para prevenção do suicídio: