Pulse

Aerosmith vai gravar primeiro álbum em dez anos

A banda completa – incluindo Joe Perry – entrará em estúdio no mês que vem

Por Andy Greene Publicado em 09/06/2011, às 14h40

Steven Tyler e Joe Perry juntos, em 2007: agora, banda resolveu os conflitos internos e se prepara para gravar novo disco
AP

Joe Perry confirmou que o Aerosmith finalmente começará a trabalhar no próximo álbum a partir do mês que vem. "A banda toda tem planos de ir pro estúdio com Jack Douglas na segunda semana de julho e começar a trabalhar no próximo CD do Aero", escreveu ele em seu Twitter, na terça-feira, 7. Perry não se preocupou em dar as caras nas primeiras sessões de composição no começo deste ano, e a relação entre ele e Steven Tyler estava tão tensa que um novo disco parecia improvável. Perry não fala com a imprensa, mas seu post mostra que ele embarcou de vez na empreitada. Douglas, por sua vez, produziu muitos dos grandes álbums da banda nos anos 70, incluindo Get on Your Wings, Toys in the Attic e Rocks.

No início desse ano o Aerosmith gravou uma série de demos em Los Angeles. Tentativas de títulos para canções incluíam "Bobbing for Piranha", "Asphalt" e "Legendary Child". "Eles ainda soam como Aerosmith", escreveu Brian Hiatt no perfil de Steven Tyler que você confere na edição de junho da Rolling Stone Brasil (leia um trecho aqui). "Pegajoso, com riffs de rock e refrãos remetendo a baladas soul, mais anos 70 do que 90". Um assessor de Perry disse à Rolling Stone que o guitarrista estava "indisponível" para os ensaios, mas enquanto promovia sua nova apresentação no American Idol neste ano, Tyler disse que ele e Perry viviam trocando mensagens de texto hostis.

O Aerosmith não lança material novo desde Just Push Play, de 2001. Fizeram turnês desde então - e em 2004 lançaram o álbum de covers de blues Hankin' on Bobo - mas uma série de acidentes aparentemente inesgotáveis, viagens para reabilitação e disputas na mídia tornaram mais difícil a produção de um novo disco. Alguns anos atrás, tentaram gravar um álbum com Brendan O'Brien - que trabalhou constantemente com bandas como Pearl Jam e Bruce Springsteen. Não deu certo. Tyler afirma que ele e Perry estavam abusando de comprimidos durante os ensaios, e o vocalista do Aerosmith não gostou dos métodos de O'Brien. "Ele [veio] em nosso ensaio e instalou um piano", contou Tyler à Rolling Stone no começo desse ano. "Tentando criar partes em cima de canções que eu havia feito."

Em 2009, Brian Whitford, o guitarrista do Aerosmith, contou sua visão sobre os ensaios. "Foi um momento bem triste pra nós", disse ele. "O homem era o número um em nossa lista e foi muito empolgante para nós trabalhar com Brendan. Eu não acho que duraram mais do que duas, três semanas. E ele se virou de ponta-cabeça para fazer o que quer que fosse necessário para Steven se sentir confortável. Pelo que me lembro, ele não gostava de trabalhar com Brendan. Não dá pra pedir por uma pessoa mais simpática ou músico e produtor mais talentoso que Brendan." John Kelodner, olheiro da gravadora, disse coisas parecidas. "Na conversa rápida que tive com Brendan, ele disse que foi um pesadelo", revelou Kelodner. "Ele não conseguia acreditar que eu havia trabalhado com eles todos esses anos."

As relações da banda estremeceram mais no verão de 2009, quando Steven Tyler caiu do palco num show em Dakota do Sul, quebrando o ombro e forçando o cancelamento da turnê de verão da banda. Ele entrou na reabilitação pouco depois - e integrantes do Aerosmith disseram à imprensa que buscariam um novo cantor. "Eu encontrei com a banda e implorei pelo perdão deles", disse Tyler na entrevista que você confere este mês. "Só para perceber que dois deles ainda estavam se drogando. Então eu disse: 'Vocês pensam que eu fui pra Betty Ford [reabilitação], saí de lá, e agora vocês vão usar perto de mim?'"

Eles conseguiram racionalizar as coisas a medida que viajavam em turnê em 2010, mas quando chegaram à América do Norte a banda ouviu rumores de que Steven Tyler havia assinado contrato para ser do júri do American Idol. Ele se recusou a contar a eles. "Nós sentamos para conversar não faz muito tempo, quando decidimos fazer a turnê, e basicamente desistimos de qualquer outro plano pelos dois anos seguintes", contou Perry ao Calgary Herald em setembro de 2010. "Quando você está sentado lá, conversando a respeito e todos os integrantes da banda sabem que ele assinou um contrato e isso vai tirá-lo do negócio musical por sete meses do ano - bem, isso de certa forma emperra as coisas."

Apesar de todos esses problemas - e o fato de que o calendário de Tyler no Idol o deixa indisponível por metade do ano -, o Aerosmith seguiu em frente. Tyler recentemente lançou uma música solo, "(It) Feels So Good", mas ele deixou claro que permanece fiel ao Aerosmith. Eles tem oito shows marcados na América do Sul para setembro e outubro (em São Paulo, a apresentação acontecerá em 30 de outubro; clique aqui para saber mais), e com Douglas de volta, Perry dedicado ao processo de gravação e Tyler fora das drogas, um novo disco aparece com uma forte possibilidade.