Afinal, como entender as linhas do tempo de The Witcher?

Apesar do sucesso da série, vários fãs tiveram problemas em organizar as linhas do tempo

Redação Publicado em 09/01/2020, às 09h50

None
Henry Cavill como Geralt de Rívia (foto: reprodução Netflix)

The Witcher foi um absoluto sucesso de 2019 da Netflix, mas vários reclamaram que as múltiplas linhas temporais retratadas na série tornam difícil entender quando exatamente se passam os episódios. E com razão.

Afinal, os intervalos de tempo entre as histórias mostradas têm entre eles cerca de décadas de diferença, e é bem importante para o entendimento completo da produção saber o que acontece antes e depois.

+++LEIA MAIS: Linha do tempo de The Witcher será menos confusa na segunda temporada, diz criadora

Porém, há alguns sinais simples que podem ser usados pelo público para se guiar através da história, e detalhamos eles em algumas dicas abaixo.


Ciri: sempre no presente

A primeira coisa que irá ajudar o espectador é saber que sempre quando a princesa Cirilla de Cintra, interpretada por Freya Allan está em cena, The Witcher está retratando o tempo presente. A guerra com Nilfgaard, a fuga da menina e tudo o que acontece depois disso é o estado atual do mundo.

+++LEIA MAIS: Os paralelos entre The Witcher e a a história da Polônia, especialmente durante o Holocausto [ANÁLISE]

É  importante manter isso em mente até o final da temporada, já que eventualmente a série irá se passar completamente no presente.


Yennefer: O passado mais longínquo

Os episódios que contam a história da vida da feiticeira Yennefer de Vengerberg, vivida por Anya Chalotra, se passam cerca de 30 anos antes do nascimento de Ciri. 

É possível identificar isso por meio da personagem do Rei Foltest. O governante da Temeria aparece com 10 anos no episódio 2 (“Quatro Marcos”), e no episódio 3 (“Lua da Traição”), mais próximo do presente, já aparenta ter uns 40.

+++LEIA MAIS: 7 curiosidade sobre o corpo de Geralt de The Witcher: imortalidade e genes mutantes [LISTA]

Vale lembrar que tanto Yennefer quanto Geralt, além de outros feiticeiros e criaturas mágicas mostradas na série, envelhecem bem mais devagar do que os personagens humanos devido a mutações e magia, o que gera um pouco da confusão do público, já que o tempo parece não passar para eles.


Geralt: Entre o passado e presente

 As aventuras do bruxo Geralt de Rívia se passam no intervalo de 20 anos entre as histórias de origem de Yennefer e de Ciri. A aventura mais antiga mostrada é logo no primeiro episódio (“O começo do fim”), apesar de nesse capítulo também haver várias cenas no presente. Dá para entender de onde vem a confusão, não é mesmo?

As caçadas importantes Geralt seguem a seguinte ordem: a luta com a Strigga, o encontro com o divertido bardo Jaskier e o romance com Yennefer e então a guerra de Cintra com Nilfgaard.

+++LEIA MAIS: Alguém colocou “Toxic”, de Britney Spears, em The Witcher - e ficou perfeito; assista

Aliás, uma curiosidade rápida: a showrunner da série, LaurenS. Hissrich, afirmou que Geralt já tem quase 100 anos no tempo presente de The Witcher. Apesar do cabelo branco, o personagem de Henry Cavillestá de parabéns por estar tão bem conservado.


O que o futuro reserva

Ainda há muitas coisas do passado de Geralt que precisam ser mostradas: o treinamento para se tornar um bruxo, a primeira caçada, e etc. Então para a segunda temporada é certo que ainda haverá flashbacks. Porém, a showrunner garantiu que, uma vez juntos, a história de Geralt e Ciri será muito mais linear e fácil de acompanhar.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'