Agente de Morrissey também nega reunião do Smiths

Rumores afirmavam que a banda se apresentaria no festival norte-americano Coachella em 2013

PATRICK FLANARY Publicado em 02/10/2012, às 15h43 - Atualizado em 03/10/2012, às 10h49

Morrissey está no aguardo de uma gravadora para lançar seu novo álbum
AP

“The Smiths nunca, nunca, nunca, nunca, nunca, nunca, nunca, nunca vai voltar – para sempre”, disse o assessor de Morrissey à Rolling Stone EUA, desmentindo os rumores que dizem o contrário.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

O grupo inglês, liderado pelo enigmático e falastrão cantor, acabou 25 anos atrás e tem sido alvo de boatos de retorno desde então. Mais recentemente, em uma entrevista ao jornal australiano de alta circulação Herald Sun, Morrissey informou que os organizadores do festival Coachella “ofereceram um evento 100% vegetariano no ano seguinte se eu concordasse em ser o headliner com o [guitarrista] Johnny Marr, sob o nome The Smiths”.

Questionado a respeito da razão pela qual o grupo “nunca” se reuniria, o representante do cantor disse: “Você vai ter que perguntar ao Morrissey. Deve haver alguma história aí que talvez um dia será contada”.

O guitarrista Johnny Marr também rejeitou a ideia através do seu empresário, que disse à NME que a reunião não aconteceria. No começo do ano, Marr ajudou a remasterizar o catálogo do Smiths sem a participação de Morrissey, Mike Joyce (baterista) ou Andy Rourke (baixista), “Nada realmente começa simplesmente por dinheiro”, disse Marr à Rolling Stone EUA na ocasião, quando perguntado sobre a possibilidade de uma reunião. “Certamente, como eu vejo a situação, existem muitas outras coisas que precisam ser ajustadas e nós somos muito diferentes para arrumá-las, aparentemente.”

Morrissey, que irá aparecer no Late Night With Jimmy Fallon nesta quarta, 3, antes de começar sua turnê norte-americana, concede apenas algumas entrevistas e sempre por e-mail. Não está claro se ele irá abordar o fim do Smiths em sua futura autobiografia, cujo lançamento é previsto para o próximo ano. Perguntado sobre o título e uma potencial editora, o agente diz que “ele quer manter isso sob segredo, mesmo entre seus funcionários. Mas nós sabemos que eles existem, em algum lugar no universo”.

Embora Morrissey tenha pronto o seu primeiro álbum desde Years of Refusal, de 2009, ele não tem empresário ou uma gravadora. “Ele está tentando encontrar um acordo favorável com um selo por enquanto”, completou o agente.