Akon tem visto negado no Sri Lanka após polêmica de clipe

Segundo protestos budistas, o vídeo de "Sexy Chick" deprecia religião; rapper iria se apresentar no país em abril

Da redação Publicado em 24/03/2010, às 15h54

O senegalês Akon teve o visto negado pelo governo do Sri Lanka nesta terça-feira, 23, não podendo mais se apresentar na ilha em abril, segundo informou a agência de notícias Reuters. A decisão se deu devido aos protestos gerados pelo clipe de "Sexy Chick" (cujo título original é "Sexy Bitch"), música feita em parceria pelo cantor e o DJ David Guetta.

No vídeo, uma estátua de Buda aparece de fundo enquanto mulheres dançam sensualmente de biquíni. Um grupo de monges budistas vinha pedido o cancelamento da apresentação do rapper desde a estreia do clipe, alegando conter cenas que depreciam a religião. No entanto, é preciso prestar muita atenção para perceber a estátua no vídeo.

Após tomar conhecimento da polêmica, o cantor emitiu o seguinte comunicado, divulgado no site da revista Entertainment Weekly: "Eu não sabia da existência da estátua no cenário do vídeo até agora. Nunca tentaria ofender ou profanar a religião ou crença religiosa de ninguém. Eu mesmo sou um homem espiritual, portanto posso entender que fiquem ofendidos, mas a violência nunca é a resposta".

O site também informou que a American Talent Agency, agência responsável pela apresentação, pretende adiar a data do show. "Akon deseja se apresentar para o povo de Sri Lanka e esperamos resolver essa situação dentro das próximas semanas", diz o comunicado.

É possível ver a estátua no instante 1'13 do clipe "Sexy Chick". Assista abaixo: