Al Pacino volta a trabalhar com Brian De Palma depois de 20 anos

Ator e diretor de Scarface não trabalham juntos desde O Pagamento Final, de 1993

Redação Publicado em 17/01/2013, às 13h13 - Atualizado às 16h44

Al Pacino
AP

O treinador de futebol americano Joe Paterno será o responsável por unir novamente Al Pacino e Brian De Palma, depois de 20 anos desde O Pagamento Final, último filme feito pela dupla. Trata-se do filme Happy Valley, que se propõe a fazer uma cinebiografia do técnico.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Joe Paterno, falecido em janeiro de 2012, foi um dos maiores vencedores da liga universitária de futebol americano – como técnico, ele ficou no Penn State Nittany Lions de 1966 a 2011. A carreira dele, contudo, chegou ao fim naquele ano quando estourou um caso de pedofilia infantil envolvendo um assistente de Paterno.

"Eu não posso imaginar uma dupla melhor para contar a história desse homem complexo, intensamente correto e que foi levado para o fundo do poço por uma trágica falha", disse o produtor Edward R. Pressman à BBC.

Esta será apenas a terceira vez em que Al Pacino e De Palma trabalharão juntos. Passaram-se 30 anos desde a primeira parceria, quando Pacino viveu o cubano ambicioso Tony Montana em Scarface.