Para imitar Joaquin Phoenix além da Escadaria: 7 lugares de Nova York que aparecem em Coringa [LISTA]

A Gotham City do filme é suja e desagradável, mas com uma estética que encantou fãs a ponto de visitarem Nova York, onde estão locações da produção

Vinicius Santos Publicado em 26/10/2019, às 10h00

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução Warner)

Coringaé um filme triste com um protagonista trágico (interpretado com louvor por Joaquin Phoenix), situado em uma sociedade decadente e em crise, e a cidade onde se passa a história acompanha e demonstra fisicamente esse estado de espírito.

A Gotham City do filme de Todd Phillips é suja, escura e poluída, mas isso não a impede de ser muito autêntica e até atraente para aqueles que gostaram do longa com Phoenix. Afinal, a escolha de filmar em Nova York, metrópole que se destaca com paisagens urbanas únicas, providenciou cenários incríveis para as cenas de sofrimento e de vilania de Arthur Fleck.

O apelo estético do filme atraiu ainda mais turistas a Nova York, principalmente na escadaria da cena da dança triunfal do Coringa, mas há diversos lugares para ver e visitar na cidade que são palco do filme. Listamos algumas dessas locações abaixo:


Rua de escadas - Avenida Anderson e West 167th Street, Bronx

Essa lista não poderia começar de maneira diferente. A escadaria, agora célebre e lotada de turistas onde Joaquin Phoenix faz a dança triunfal, é exatamente o que título diz: uma rua composta apenas por escadas. Essas construções existem em áreas de Nova York que são muito íngremes para ruas convencionais na região do Bronx.


Vitrine de “Tudo deve ir!” - Paramount Theater, Newark, Nova Jersey, 195 Market Street

Acredite ou não, a placa de “Tudo deve ir” na loja de instrumentos musicais que Arthur Fleck dança em frente no início do filme não foi colocada lá pela produção. Atualmente a loja é um espaço vazio usado para vender móveis. De acordo com o Google Street View, o estabelecimento estava com a placa por lá em agosto de 2018, dois meses antes do início das filmagens de Coringa. Ponto para o funcionário que encontrou a locação.


O Asilo Arkham - Brooklyn Army Terminal, Sunset Park

Este armazém gigante foi construído para ser um depósito do exército dos Estados Unidos logo após a Primeira Guerra Mundial, e hoje em dia serve para guardar componentes industriais e da rede elétrica, além de ser uma das paradas das balsas que circulam por Nova York. Para se tornar a prisão do Coringa filme o complexo teve um aspecto sujo e desgastado, além das palavras “Arkham State Hospital” na fachada, acrescentadas na pós-produção.


Twin Donut Plus - Avenida Jerome e East 208th Street, Bronx

Esta franquia da rede de restaurantes de mesmo nome onde Arthur Fleck e Sophie Dumond (Zazie Beets) tem um jantar romântico foi fechada alguns meses antes do início das filmagens, por nenhum motivo relacionado à produção, e agora está à venda e deve se tornar um estabelecimento completamente diferente. Talvez o Coringa e Sophie foram os últimos a comer donuts lá.


Exibição de Tempos Modernos - Tribunal William J. Brennan, em Jersey City

Esse grande tribunal construído em 1906 já foi usado em vários filmes e séries, como Law and Order. Em Coringa, a construção foi transformada em um teatro para uma exibição beneficente de Tempos Modernos (1936), clássico de Charles Chaplin, com a elite burguesa de Gotham.


Túnel em arco - Debaixo da Manhanttan Bridge no Dumbo, Brooklyn

Além do nome de elefante da Disney, "Dumbo" também batiza um bairro ao norte do Brooklyn, logo abaixo da ponte que liga este distrito ao de Manhattan. Arthur Fleck aparece caminhando cabisbaixo em uma versão escura e abarrotada de lixo deste túnel, e depois atravessa correndo em pânico logo após a cena na qual confronta os estagiários das Indústrias Wayne no metrô.


Perseguição na linha do trem - Avenida Jerome e East 170th Street, Bronx

Já vestido de Coringa, Arthur foge de dois detetives e é atropelado por um táxi logo depois entra no trem. Essa cena acontece embaixo de uma linha de metrô, há cerca de um quarteirão de distância da estação da rua 170.

Um detalhe interessante envolvendo as cenas nos metrôs é que os cidadãos nova-iorquinos puderam ver trens modificados da Gotham City do filme passando por essa estação e por outras para gravar as cenas. Veja um tuíte com foto de um dos trens: