Além de Bob Esponja: 5 personagens LGBTQ+ de animações infantis [LISTA]

Muitas séries dos anos 2010 também levam diversidade e representatividade para as telas

Julia Harumi Morita Publicado em 28/06/2021, às 15h09

None
A Lenda de Korra (Foto: Reprodução /Twitter) e The Loud House (Foto: Reprodução via IMDb)

Há um ano, a Nickelodeon revelou nas redes sociais que o protagonista de Bob Esponja Calça Quadrada (1999) faz parte da comunidade LGBTQ+. Em 2005, o criador Stephen Hillenburg disse à Reuters: "Nós nunca tivemos a intenção de que [os personagens principais] fossem gays. Eu considero eles quase assexuados."

Além de Bob Esponja, que aparece na televisão desde 1999, diversas outras séries infantis dos anos 2010 também levam a diversidade e representatividade para as telas. Pensando nisso, separamos cinco desenhos de crianças com perosnagens LGBTQ+. Confira:

+++ LEIA MAIS: 6 retratos necessários da bissexualidade na TV: De Grey's Anatomy a Brooklyn Nine-Nine [LISTA]

Hora de Aventura (2010)

Exibido originalmente pela Cartoon Network, Hora de Aventura mostrou discretamente o relacionamento de Princesa Jujuba e Marceline até o episódio final da produção, "Come Along With Me", no qual as duas personagens se beijam. O casal também foi destaque do especial Distant Lands, lançado no HBO Max em 2020. (Foto: Reprodução /Twitter)


A Lenda de Korra (2012)

Em 2014, os criadores de A Lenda de Korra, Bryan Konietzko e Mike DiMartino, confirmaram o envolvimento amoroso da protagonista com Asami. “Você pode celebrar, abraçar, aceitar, superar ou o que quer que sinta necessidade de fazer, mas não há como negar. Essa é a história oficial,” escreveu Konietzko no blog pessoal dele. (Foto: Reprodução /Twitter)

+++ LEIA MAIS: 6 romances e dramas gays para assistir na Netflix: De Hoje eu Quero Voltar Sozinho a Seu Nome Gravado em Mim [LISTA]


Steven Universo (2013)

Em 2018, Steven Universo fez história ao mostrar pedido de casamento de Ruby e Sapphire no arco de cinco episódios "Heart of the Crystal Gems." “Devemos dizer às crianças LGBTQ+ que elas pertencem a este mundo e merecem ser amadas”, disse a criadora Rebecca Sugar para o Entertaintment Weekly. (Foto: Reprodução /Twitter)


The Loud House (2016)

No episódio "Overnight Success", de The Loud House, podemos ver um casal formado por Howard e Harold, os pais protetores do personagem Clyde McBride, amigo do protagonista Lincoln Loud. (Foto: Reprodução via IMDb)

+++ LEIA MAIS: 6 documentários e reality shows para conhecer o universo drag [LISTA]


She-Ra e as Princesas do Poder (2018)

Disponível na Netflix, She-Ra e as Princesas do Poder conta com princesa Adora e Catra, as quais possuem um relacionamento amoroso e complicado. "É uma responsabilidade criar uma mídia para crianças, de todas as idades, que mostre essas questões como normais,” disse a criadora Noelle Stevenson ao IndieWire. (Foto: Reprodução /Twitter)


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL