Além de Malcolm & Marie: 6 filmes gravados em apenas uma locação [LISTA]

A ideia de filmar produções inteiras em um pequeno espaço, como uma casa ou até mesmo um quarto, é conhecida na indústria cinematográfica há muito tempo

Vitória Campos | @camposvitoria (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 21/02/2021, às 16h00

None
Janela Indiscreta (Foto: Reprodução) e 12 Homens e Uma Sentença (Foto: Divulgação)

Com a pandemia e necessidade de isolamento, deixar de lado narrativas filmadas em bairros, cidades e mundos e focar em apenas uma locação pode parecer viável, como no novo filme da NetflixMalcolm & Marie de Sam Levinson, gravado durante a quarentena. Porém, a ideia de concentrar histórias e personagens em um pequeno espaço não é nova. 

Confira seleção de filmes gravados em apenas uma locação: 

+++ LEIA MAIS: 3 aspectos cativantes de Malcolm & Marie, novo filme da Netflix - e 3 pouco envolventes [LISTA]


Festim Diabólico (1948)

O conhecido filme de Alfred Hitchcock conta a história de Philip Morgan (Farley Granger) e Brandon Shaw (John Dall), amigos culpados por estrangular até a morte um colega em comum para provar conseguirem realizar o crime perfeito. 

Sem contar os créditos iniciais, o longa foi inteiramente filmado no apartamento dos personagens principais. Até as nuvens observadas pela janela são feitas de fibra de vidro para não filmar fora da locação. Algumas paredes do apartamento necessitaram ser alteradas pela equipe para possibilitar o movimento das câmeras durante as filmagens.

+++ LEIA MAIS: Em 1970, Alfred Hitchcock revelou o ‘ingrediente especial’ para criar um bom suspense


Janela Indiscreta (1954)

Também do mestre do suspense Alfred Hitchcock, Janela Indiscreta possui grandes atuações de James Stewart e Grace Kelly. Mostra L.B. Jeffries, fotógrafo profissional confinado em seu apartamento por uma perna quebrada. Para se distrair, começa a observar a vida dos vizinhos com binóculos, até suspeitar de um assassinato.

A produção foi totalmente filmada no loft de L.B. Jeffries e o cenário dos vizinhos foi todo construído nos estúdios Paramount, no qual foram erguidos 31 apartamentos.

+++ LEIA MAIS: Assista a Alfred Hitchcock dar 'aulão' de edição de filme em entrevista


12 Homens e Uma Sentença (1957)

O filme, protagonizado por Henry Fonda e dirigido por Sidney Lumet, é um clássico do cinema muito elogiado por seu roteiro. Sua narrativa acontece inteiramente dentro da sala do júri de um tribunal norte-americano, em Nova York, EUA. 12 homens precisam chegar a um consenso sobre o veridito do caso de um suposto assassinato cometido por um adolescente. 

Uma produção com 12 homens presos em uma sala por mais de uma hora pode parecer claustrofóbica, porém, o diretor quis realçar ainda mais a sensação ao trocar as lentes da câmera para deixar o fundo mais perto dos personagens. 

+++ LEIA MAIS:4 filmes de terror antigos que estão na Netflix e ainda vale a pena assistir [LISTA]


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


Dogville (2004)

Dogville pode ser considerado um experimento cinematográfico de Lars Von Trier por ser um filme sem cenário visto normalmente. O diretor decorou um estúdio para criar a impressão de uma cidade pequena; lá são gravadas todas as cenas do filme. É o primeiro de uma trilogia do cineasta sobre os Estados Unidos.

A misteriosa Grace (Nicole Kidman) é perseguida por criminosos. A cidade a ajuda a se esconder, porém exige em troca alguns favores. Contudo, ao longo do filme, a tensão e o abuso dos moradores cresce.

+++ LEIA MAIS: 5 filmes que dão um 'soco no estômago' de quem assiste [LISTA]


Deus da Carnificina (2011)

Mesmo possuindo apenas uma locação, o apartamento do casal Penelope e Michael, Deus da Carnificina tem um elenco de peso, com Jodie Foster, Kate Winslet, Christoph Waltz e John C. Reilly. O longa foi o primeiro realizado por Roman Polanski após prisão domiciliar na Suíça. 

Trata da briga violenta de dois garotos de onze anos, a qual necessita intervenção dos pais para uma solução civilizada. O encontro rapidamente se transforma em uma discussão séria com insultos.

+++ LEIA MAIS: Kate Winslet está arrependida de ter trabalhado com Woody Allen e Polanski



Locke (2013)

Com uma proposta diferente do habitual, o filme protagonizado por Tom Hardye dirigido por Steven Knight possui um carro, um ator e uma estrada como cenário.

Ivan Locke (Tom Hardy) é dedicado à família e ao trabalho. Mas corre o risco de sua vida mudar completamente quando recebe uma simples ligação. Agora, dirigindo de uma cidade para outra, precisa enfrentar desafios e assumir suas responsabilidades na tentativa de corrigir seus erros em apenas 90 minutos.

+++ LEIA MAIS: Tom Hardy não recebeu atenção merecida por papel em Batman, afirma Christopher Nolan


+++ KANT: 'AQUELES QUE NOS DÃO MAIS ATENÇÃO SÃO OS QUE MAIS CRITICAM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL