Além do Snyder Cut: 5 filmes alterados depois de reclamações de fãs [LISTA]

De Sonic a Titanic, diretores precisaram adaptar as produções após reação do público; confira

Mariana Pastorello (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 08/04/2021, às 09h04

None
Pôster de Sonic (Foto: Reprodução) e Pôster de Titanic (Foto: Reprodução)

A versão deZack Snyder de Liga da Justiça, nomeada pelos fãs como Snyder Cut, estreou no HBO Maxem 18 de março. O filme era um grande pedido dos fãs daDC Comics. Após a versão fracassada de Joss Whedon, em 2017,o público passou três anos solicitando o lançamento da produção de Snyder

A polêmica ocorreu pois o filme de Snyder estava em produção e, por problemas pessoais do diretor, foi interrompido, e Whedon assumiu as gravações. Contudo, atores e o próprio Snyder confirmaram a existência da versão original e, pelas grandes críticas ao filme de 2017, os fãs enlouqueceram com a possibilidade de uma boa adaptação cinematográfica da amada história em quadrinhos. 

+++ LEIA MAIS: Além de Snyder Cut: 4 filmes com mais de 4 horas de duração [LISTA] 

Porém, Liga da Justiça de Zack Snyder não está sozinho. Separamos cinco filmes com alterações após reclamações dos fãs; confira:

Titanic

O clássico de 1998, estrelado por Leonardo Dicaprio(Jack Dawson) e Kate Winslet (Rose Bukater) teve uma leve alteração após a audiência teste ver a primeira versão da produção. Neste caso, havia uma cena na qual o personagem de Billy Zane, Hockley, mandava o guarda-costa, Lovejoy, perseguir o par romântico, iniciando uma longa briga com Jack.

A cena foi cortada, e na versão final, Hockley persegue o casal até o navio afundar, sem a briga. James Cameron, diretor, acreditava ter drama o suficiente na trama, sem necessidade de mais um conflito. 

+++ LEIA MAIS: James Cameron, diretor de Titanic, detestava ideia de colocar Celine Dion na trilha sonora


Wi-Fi Ralph: Quebrando a Internet 

A animação acompanha Ralph e Vanellope no universo da internet em busca de uma peça perdida de videogame. No caminho, deparam-se com diversos personagens, entre eles, clássicas princesas da Disney com estilo moderno. A polêmica aconteceu após a divulgação do trailer. 

Na gravação, a princesa Tiana (uma personagem negra) estava com um tom de pele mais claro em relação ao mostrado no filme A Princesa e o Sapo, gerando desconforto e críticas dos fãs. Os produtores do longa receberam os comentários e, antes do lançamento oficial, ajustaram as características físicas da personagem.

+++ LEIA MAIS: Os 10 casais mais realistas das animações da Disney, segundo site


Sonic - O Filme

Em 2019, após a divulgação do trailer do filme deSonic, protagonista icônico de jogos de videogames, os fãs se incomodaram com a aparência do personagem. Na primeira versão, revelava um aspecto com menos vivacidade e muito diferente do personagem clássico.

Na época, o diretorJeff Fowler ouviu os comentários do público e escreveu no Twitter sobre  a mudança na imagem de Sonicantes do lançamento:

"Obrigado pelo apoio. E pelas críticas. A mensagem foi alta e clara... Vocês não estão felizes com o design e querem mudanças. Acontecerá. Todos na Paramount e Sega estão comprometidos em fazer esse personagem ser o MELHOR possível #SonicOFilme #PrecisamosConsertarRápido."

+++ LEIA MAIS: Antes e depois de Sonic: o que mudou no visual do personagem?


Os Bons Companheiros  

Dirigido porMartin Scorsese, o drama policial de 1990 comRobert De Niro, Ray LiottaeJoe Pescifoi regravado após o público reagir negativamente à primeira exibição. Na versão original, Scorsese fez cenas com violência muito explícitas e os espectadores acharam violento demais. Depois das observações, o diretor gravou a cena novamente, dessa vez, mais amena e agradável para as telonas. 


Cats

De acordo com The Hollywood Reporter, a adaptação para os cinemas de Cats, famosa peça da Broadway, incomodou. O público não gostou do trailer: as transformações artísticas e visuais dos personagens - atores transformados em gatos realísticos - não agradaram. O filme estreou normalmente, mas com baixa aprovação. Assim, a Universal se pronunciou e ajustou os efeitos e pontos apontados pelos fãs, e relançou o filme com a versão "adaptada"

+++Leia mais: Robert De Niro, Al Pacino, máfia e assassinatos: Martin Scorsese está de volta com The Irishman


+++ KANT | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL

+++SAIBA MAIS: 7 curiosidades sobre Heath Ledger: nome, caracterização do Coringa, melhor amigo e mais [LISTA]

Apesar de ter vivido apenas 28 anos, Heathcliff Ledger (mais conhecido por Heath) marcou o cinema com papéis como Patrick Verona em 10 Coisas que Eu Odeio em Você (1999) e Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008)

Heath nasceu em Perth, Austrália, em 4 de abril de 1979. Neste domingo, completaria 42 anos. Confira sete curiosidades sobre o ator: da origem de nome a quem era o melhor amigo. 

+++LEIA MAIS: Além de Coringa: 4 papéis icônicos de Heath Ledger [LISTA]

Nome

O nome do ator, Heathcliff, foi inspirado em um personagem de O Morro dos Ventos Uivantes (1847), de Emily Brontë, livro preferido da mãe dele, Sally Ledger. Do mesmo romance, Sally tirou o nome de outra filha, Katherine. 


Primeiras experiências

Heath estudou na Guildford Grammar School, escola só para meninos, onde teve a primeira experiência como ator. Aos 10 anos, participou de uma montagem da peça Peter Pan.

+++LEIA MAIS: Warner queria a origem do Coringa de Heath Ledger em Batman: O Cavaleiro das Trevas; o que aconteceu?

Como ator profissional, um dos primeiros papéis da carreira foi em Home And Away (1988), espécie de novela teen a qual lançou várias estrelas australianas. Interpretou Scott por apenas 10 episódios e, apesar de ter feito muito sucesso, recusou propostas dos produtores para continuar.


Inspiração

Durante os anos de escola militar, Heath coreografou e dirigiu um grupo de 60 colegas para uma competição. Foi a primeira equipe masculina a disputar, e saíram vitoriosos. O ator comparou a apresentação ao estilo de Gene Kelly, de Cantando na Chuva (1952) e revelou como o dançarino era seu maior ídolo no cinema.

+++LEIA MAIS: Heath Ledger apanhou de verdade em uma das cenas mais violentas de Batman: O Cavaleiro das Trevas


Xadrez

Heath era um adorador de xadrez e jogava desde pequeno. Aos 10 anos, ganhou o campeonato júnior da Austrália Ocidental. Quando adulto, continuou o hábito e jogava frequentemente no Washington Square Park em Nova York (EUA). 


Gambito da Rainha

A partir do amor pelo xadrez, em 2008, anunciou planos de iniciar filmagens da adaptação do livro O Gambito da Rainha (1983). Teria sido a estreia de Heath como diretor de cinema. 12 anos depois, o romance foi adaptado para uma produção da Netflix e foi a série mais assistida de 2020, segundo JustWatch.


Jake Gyllenhaal

Colegas de elenco em O Segredo de Brokeback Mountain (2005), Heath e Jake Gyllenhaal se tornaram grandes amigos. O ator é, inclusive, padrinho da única filha de Ledger, Matilda.


Coringa

O vilão de O Cavaleiro das Trevas (2008) foi o papel de maior reconhecimento de Heath. Com ele, ganhou o Oscar póstumo de Melhor Ator Coadjuvante em 2009. Nas filmagens, projetou sozinho a composição do personagem. Segundo Heath, se Coringa fosse real, faria a própria caracterização.

+++LEIA MAIS: Heath Ledger recusou o papel de Batman antes de ser eternizado como Coringa de Nolan: 'Nunca vou participar de um filme de super-herói'

Foi à farmácia, comprou maquiagem e aplicou-a sozinho. Depois, a equipe de maquiagem apenas replicava o visual criado por ele.