Pulse

Algoritmo descobre qual é a música mais triste do Radiohead; entenda

O engenheiro Charlie Thompson usou bases de dados para analisar toda a discografia da banda

Redação Publicado em 29/07/2019, às 17h22

None
Thom Yorke (Foto: Erik Kabik Photography/MediaPunch/IPX)

O Radiohead ficou conhecido, ao longo dos anos, pelo extenso repertório de músicas que tratam temas como depressão, suicídio e fim de relacionamentos.

Com isso, a fama de "banda triste" caiu no imaginário popular e acabou motivando um engenheiro de dados a analisar toda a discografia da banda para descobrir qual é a música mais triste de todo repertório. 

+++ LEIA MAIS: Thom Yorke critica políticos de direita: "Não sei do Brasil, mas a maior parte dos líderes são palhaços"

Reprodução: Charlie Thompson
Reprodução: Charlie Thompson

Para a pesquisa, o engenheiro Charlie Thompson usou duas bases de dados para criar um algoritimo que leva em consideração os critérios do Spotify de dançabilidade, energia e positividade, além das composições e um algoritmo do site Genius Lyrics que agrega letras de todo o mundo. O americano também aderiu um código que analisa todas as letras da banda a partir das palavras-chave: "quebrado", "queda", "matar" e "abandonar". 

+++ LEIA MAIS: Thom Yorke não gosta dos algoritmos do Spotify porque sugerem que ele ouça Muse

No final, ele concluiu que a música mais triste do grupo é "True Love Waits", escrita por Thom Yorke, em 1995, e lançada no disco A Moon Shaped Pool, em 2016. A segunda música foi "Give Up The Ghots", do disco King of Limbs, "Montion Picture Soundtrack", do disco Kid A, e "Let Down", presente em Ok Computer.

 

+++ ENTREVISTA RS: Rubel fala de carreira acidental, conta como criou "Partilhar" e que quer ser popular