Amber Heard publicará livro sobre relacionamento com Johnny Depp para pagar indenização ao ator, diz site

Amber Heard estaria interessada na oportunidade, já que 'não está em posição de recusar dinheiro', segundo fontes próximas da atriz

Redação Publicado em 27/06/2022, às 14h55

Amber Heard perdeu a ação judicial de difamação movida por Johnny Depp
Amber Heard (Foto: Reprodução/Variety)

Amber Heard estaria em negociações para escrever um livro revelando os detalhes íntimos de sua vida e história de relacionamento com Johnny Depp, segundo informações do OK! Magazine. Uma fonte próxima da atriz também teria revelado seus próximos planos de carreira.

Heard foi condenada a pagar uma indenização de US$ 15 milhões em danos à Depp, pelo artigo escrito por ela em 2018 para o jornal The Washington Post. Nele, a artista não cita Depp, mas afirma ser uma “figura pública que representa abuso doméstico", além de uma série de alegações prejudiciais. 

+++LEIA MAIS: Amber Heard divulga diário com detalhes de abuso de Johnny Depp

Incapaz de arcar com os danos, Amber teria, inclusive, movido uma ação judicial para recorrer decisão do júri. Segundo relatou Elaine Bredehoft, advogada de Heard, ao Today, a artista pretende apelar da decisão, em que deve pagar US$ 15 milhões para Depp, um valor reduzido para US$ 10,35 milhões pelo juiz.

Uma fonte próxima da atriz informou que a protagonista de Aquaman "não está em posição de recusar dinheiro” e considera sua carreira como atriz encerrada depois de todos os acontecimentos no tribunal e, por isso, está inclinada a aceitar a proposta literária.

+++ LEIA MAIS: Johnny Depp: Por que ator deverá pagar US$ 2 milhões para Amber Heard?

A escritora Dror Bikel, especialista em divórcio, afirmou ao OK! Magazine que a atriz pode sair perdendo mais uma vez com o conteúdo do livro, tendo maiores chances de receber possíveis ações judiciais da estrela de Piratas do Caribe (2003).

Depp e seus advogados estarão lendo e ouvindo tudo o que Heard afirmar. Se ela cometer algum deslize, o que é provável, não há dúvida de que será atingida com outro processo de difamação e acabará de volta ao tribunal.