Amy Seimetz, de Stranger Things, pede ordem de restrição contra ex-namorado

Atriz afirma abuso físico e psicológico por parte do cineasta Shane Carruth

Redação Publicado em 29/07/2020, às 13h25

None
Amy Seimetz em Stranger Things, abraçando Millie Bobby Brown (Foto: Reprodução / Netflix)

Amy Seimetz, intérprete da tia de Eleven em Stranger Things 2, pediu uma ordem de restrição contra Shane Carruth, cineasta, ex-namorado dela. Em depoimentos judiciais, afirmou ser vítima de violência física e psicológica, como explica UOL.

Como explicou a Variety, desde 2016 o ex é violento com ela. Naquele ano, enforcou-a num hotel. Depois, embriagado, a imobilizou e xingou. Terminaram em 2018.

+++ LEIA MAIS: Noah Schnapp, de Stranger Things, pede desculpas por magoar fãs e se afasta da internet

Desde o término, Carruth faz ameaças explícitas à vida e integridade de Seimetz. A atriz apresentou diversas mensagens no caso - inclusive uma que ele a chamava de “deusa da morte”.

Em outra ocasião, enviou: “Te vejo. Saberei quando é hora de você acabar. Você deveria estar com medo… Não sabe o que vou fazer. Deveria estar com medo.”

+++ LEIA MAIS: Quem é o pai de Dustin, em Stranger Things? Teoria (maluca) responde

Em 2018,  após o término, Seimetz recebeu uma ordem de restrição temporária contra Carruth. Agora, a avaliação é de renovação.

+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS