Amy Winehouse: Pai da cantora reprova novo filme: ‘100% não permitido’

Mitch Winehouse, pai de Amy Winehouse, administra o espólio da cantora e promete não liberar direitos necessários para o longa

Redação Publicado em 01/09/2021, às 18h23 - Atualizado em 04/09/2021, às 15h45

None
Alastair Grant/AP

A cantora Amy Winehouse ganhará um novo filme que retratará seus últimos anos de vida. Contudo, Mitch Winehouse, pai da artista, já se pronunciou reprovando a produção em desenvolvimento. 

Em entrevista ao TMZ, Mitch Winehouse afirmou que o filme sobre Amy Winehouse não sairá do papel porque ele não ajudará em nada. "É 100% não permitido," pontuou o britânico de 70 anos quem administra o espólio da cantora morta em 23 de julho de 2011. 

+++LEIA MAIS: Amy Winehouse: Cantora ganhará cinebiografia sobre últimos dias de vida

Segundo o The Hollywood Reporter, a produção está em desenvolvimento na Halcyon Studios e se baseia no livro Saving Amy, de Daphne Barak. Todavia, Mitch destacou que a Halcyon não o contatou para obter os direitos necessários para a produção. Ele ainda afirmou que o estúdio também não fez acordo algum com a Universal, gravadora da cantora. 

"Eles não podem ser tão estúpidos. Todos sabem que as licenças adequadas devem ser concedidas," disse o pai de Amy Winehouse ao site. Por outro lado, Barak defendeu que não há nenhum empecilho legal para o filme, pois ela tem todos os acordos legais necessários. "Assim como os NFTs que estão sendo comercializados no site OG2D, esse material também é legalmente minha propriedade e pode ser vendido.", disse. 

+++LEIA MAIS: Amy Winehouse ganha novo documentário contado pela perspectiva da mãe da cantora

O novo longa sobre Amy Winehouse reunirá mais de 40 horas de filmagens da estrela, além de fotos exclusivas e outros documentos pessoais da cantora ao longo dos últimos três anos de vida. 


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!