Amy Winehouse pode não cantar no Grammy

Pai da cantora pensa que "é muito cedo para ela tocar na América"

Da redação Publicado em 01/02/2008, às 16h00

Será Wino vai deixar o rehab para ir ao Grammy?
AP

A cerimônia do Grammy no dia 10 de fevereiro pode sofrer uma perda em seus palcos. O pai da cantora Amy Winehouse, Mitch Winehouse, declarou ao jornal britânico Daily Mirror que pensa ser muito cedo para a cantora deixar a reabilitação e atravessar o oceano para uma apresentação.

"Não tenho certeza que o Grammy vá acontecer [para ela]. Não quero que ela vá, é muito cedo. Ela não está bem, por isso está na reabilitação", disse o pai coruja.

De acordo com tablóides britânicos, Wino se internou justamente para se preparar para o Grammy. Ela concorre em seis categorias, inclusive Melhor cantora. A cantora tem pouco mais de uma semana para convencer seu pai a autorizá-la a viajar.