Andrew Lincoln tentou impedir morte de personagem em The Walking Dead; entenda

"Acho que estamos cometendo um erro, não vamos fazer isso ainda", o intérprete de Rick Grimes pediu aos produtores da série

Redação Publicado em 14/07/2020, às 14h01

None

A equipe de The Walking Dead provou que não tem medo de matar nem mesmo os personagens mais incríveis da trama. Algumas mortes foram mais controversas que outras, é claro, mas uma delas foi particularmente refutada pelo ex-ator principal da série, Andrew Lincoln, que deu vida a Rick Grimes.

+++LEIA MAIS: Produtor de The Walking Dead colocou cabeças de zumbi na própria casa para se proteger do novo coronavírus

No primeiro episódio da terceira temporada, quando a gangue encontrou uma prisão que, mais tarde, chamaria de lar, já havia um grupo de sobreviventes escondido lá - e Axel, interpretado por Lew Temple, se tornou uma figura popular entre o público nos primeiros 10 episódios daquela temporada. No entanto, sua morte nas garras do governador veio como um verdadeiro plot twist.

Lew Temple como Axel em The Walking Dead

 

De acordo com Temple (via We Got This Covered), Lincoln tentou convencer os produtores a matar outro personagem: "Fui notificado com três semanas de antecedência. Na época, me pediram para não falar sobre isso porque ainda não era certo. De fato, Andrew Lincoln disse aos showrunners: 'Acho que estamos cometendo um erro aqui, não vamos fazer isso ainda'."

+++LEIA MAIS: Ator de The Walking Dead quer ser o novo Wolverine da Marvel: ‘Estou pronto’

A equipe criativa de The Walking Dead ouviu o que Lincoln tinha a dizer e menteve longos debates sorbe a possibilidade de prosseguir com a morte de Axel. Eles até consideraram matar um personagem regular como alternativa, ams se mantiveram firmes a seguir o plano, estabelecendo o Governador como uma grande ameaça.

Enquanto isso, ainda segundo o We Got This Covered, há rumores de que Lincoln volte à série para encerrá-la com sucesso.

 

 


+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE