Angelina Jolie revela que fez mastectomia dupla para se prevenir do câncer

A atriz, que perdeu a mãe para a doença, descobriu que tem um "um gene defeituoso" que aumenta muito suas chances de também ter câncer de mama ou de ovário

Redação Publicado em 14/05/2013, às 08h43 - Atualizado às 19h25

Angelina Jolie
AP

A atriz Angelina Jolie revelou, em uma carta aberta publicada no jornal The New York Times, que fez uma mastectomia dupla, ou seja, retirou os dois seios, para se prevenir do câncer de mama. Ela contou que tem um "um gene defeituoso", BRCA1, o que aumenta muito suas chances de ter câncer de mama ou de ovário.

A atriz, que perdeu há mãe para o câncer de mama quando esta tinha 56 anos, disse ainda que está passando por tratamento desde fevereiro e que conseguiu manter sua privacidade até agora, mas que quis compartilhar sua história com outras mulheres para que elas também possam investigar se têm esse problema genético e avaliar a possibilidade de tomar a mesma medida para reduzir as chances de sofrerem com a doença.

"Quando soube que essa era a minha realidade, eu decidi ser proativa e minimizar o risco o quanto pude. Tomei uma decisão de fazer uma dupla mastectomia preventiva”, disse ela, que antes tinha 87% de risco de desenvolver a doença, porcentagem que agora cai para 5.

Angelina, mãe de seis crianças, disse que começou a pensar a respeito quando respondia perguntas dos filhos a respeito da morte da avó deles e eles quiseram saber se a atriz corria o mesmo risco. A atriz ainda agradeceu seu marido, o ator Brad Pitt, pelo “amor e apoio” durante todo o processo cirúrgico, que envolveu a remoção dos seios e a reconstrução mamária.