Animações seguem em produção mesmo com pandemia do coronavírus

Os Simpsons e Big Mouth continuaram com os trabalhos

Redação Publicado em 26/03/2020, às 17h04

None
Os Simpsons (Foto: Reprodução)

Enquanto as estreias e produções do cinema e das séries foram paralisadas por causa do coronavírus, as animações não sofreram muito impacto. De acordo com o THR, as equipes dos projetos animados encontraram alternativas dentro do trabalho durante a quarentena. 

A Fox começou a utilizar a ferramenta Toon Boom para manter o andamento de Os Simpsons, Family Guy, Bob’s Burgers e Duncanville, como aponta o site. Em Bless the Harts, a criadora Emily Spivey faz as discussões de edição pelo Skype e os atores fazem as narrações com microfones de alta qualidade pelo Zoom - as vozes gravadas são alteradas na pós-produção.

+++ LEIA MAIS: Grey's Anatomy previu coronavírus antes de Os Simpsons; entenda

Com as animações da Netflix o processo é bem semelhante, a equipe de escritores de Family Guy se reúnem no Zoom e as leituras de mesa de Big Mouth são feitos de forma virtual.

O showrunner de Family Guy, Rich Appel, disse que é "uma experiência nova e estranha". Ele completa: “Se um programa é suspenso, provavelmente centenas de pessoas não vão ser pagas. Isso envolve artistas, diretores, roteiristas e outros membros da produção. Felizmente, a animação é um gênero adequado para trabalhar de casa”.

+++ LEIA MAIS: 7 filmes adiados por causa do coronavírus - Velozes e Furiosos, Lugar Silencioso e mais

Enquanto as animações seguem com certo saldo positivo, o coronavírus pode custar mais de R$ 22 bilhões à indústria cinematográfica mundial.


+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?