Antes de ser Coringa, Joaquin Phoenix quase foi uma versão doentia do Batman

Darren Aronofsky adaptaria Ano Um para os cinemas; o projeto foi arquivado para dar espaço a Cavaleiro das Trevas, de Nolan

Redação Publicado em 06/11/2019, às 16h26

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução / YouTube)

Joaquin Phoenix encantou o mundo ao interpretar Coringa no filme homônimo dirigido por Todd Phillips. Porém, antes de ser o vilão icônico, ele quase viveu o arqui-inimigo dele, o próprio Batman

Darren Aronofsky revelou, em uma entrevista ao Yahoo!, que sempre pensou em Phoenix para estrelar sua adaptação de Batman: Ano Um. A DC Comics desenvolvia o projeto no início dos anos 2000 (para tentar reparar o fiasco que Joel Schumacher fez com o herói), mas foi cancelado para dar lugar à trilogia Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan.

+++ LEIA MAIS: Médico faz parto no Halloween fantasiado do Coringa de Heath Ledger; veja fotos

O cineasta ainda explicou que o filme teria uma vibe realista e sinistra bem, bem parecida com a nova produção do Palhaço. “Ouvi o que dizem sobre Coringa e esse era exatamente o meu argumento para o Batman. Queria gravar no leste de Detroit e Nova York. Estávamos construindo Gotham. Queria que o Batmóvel fosse um Lincoln Continental com dois motores de ônibus. O Batman seria uma espécie de MacGyver.”

A história, também, exploraria o lado sujo e devastador de Gotham. Muito, muito mais do que as outras exploraram - iria a fundo da decadência da sociedade, e reiventaria o Batman. A começar pela infância: Bruce Wayne não seria rico. Depois da morte dos pais, o garoto iria morar escondido em uma garagem.

+++ LEIA MAIS: Warner defende 14 indicações ao Oscar para Coringa de Joaquin Phoenix; conheça categorias 

Para poder se manter, trabalharia na oficina da garagem, seu chefe seria Big Al. O filho dele, Little Al, seria colega de trabalho de Wayne (e temos, aqui, o Alfred!). Outra “amiga” que apareceria é Selina, a Mulher-Gato, uma prostituta que supostamente matou um policial. 

Com Gotham na sarjeta, o Comissário Gordon estaria deprimidíssimo - e pensando seriamente em suicídio. Mas retoma a atitude de luta depois da esposa engravidar. E tem uma grande influência na transformação de Bruce Wayne em Batman; o garoto fica inspirado ao ver o policial socando a cara de um homem para ajudar uma criança.

+++ LEIA MAIS: Todd Phillips divulga novas fotos de Coringa com referência à Mulher-Gato

E mesmo o Batman, em si, seria bem diferente. A começar pelo uniforme, composto por uma máscara de hóquei cortada ao meio, com dentaduras de aço brancas e luvas com lâminas embutidas. E um método peculiar de interrogatório: ele injeta um soro que leva as pessoas ao delírio. Papel perfeito para Joaquin Phoenix.