Antes do Led Zeppelin, John Bonham não parava em banda nenhuma por ser 'selvagem demais’

Considerado um dos melhores bateristas do rock, o músico teve dificuldade de se encaixar em outros grupos no início da carreira

Redação Publicado em 06/04/2020, às 17h02

None
John Bonham (Foto: AP)

Em uma entrevista à Guitarist Magazine, Tony Iommi, guitarrista do Black Sabbath, relembrou o que levou John Bonham ser demitido das primeiras bandas antes de integrar o grupo lendário, Led Zeppelin.

"Eu conhecia [Robert] Plant e [John] Bonham. Bonham foi padrinho do meu primeiro casamento". O músico contou que um dia em que eles tocavam em uma mesa casa de show, o baterista estava acompanhando uma banda quando foi demitido. "O que aconteceu?", Iommi perguntou a ele. "Sou muito barulhento". 

+++LEIA MAIS: Novo disco do Black Sabbath? Tony Iommi diz ter muitos riffs que quer gravar

Em outro momento, Iommi disse ao Artisan News que costumava sair com Bonham e "ele era um bastante selvagem". 

"Menos quando saíamos e ele estava dirigindo. Porque ele costumava ficar muito bêbado - e irritado por querer dirigir". O músico acrescentou que, na época, a polícia não funcionava tão bem. 

+++ LEIA MAIS: As complicações de Black Sabbath Vol. IV: como a polícia precisou intervir diversas vezes para ninguém morrer

Recentemente, resgatado pela Far Out Magazine, o áudio da bateria isolada de Fool in The Rain’, do Led Zeppelin, mostrou a genialidade do baterista


+++ DISCOGRAFIA DO THE STROKES: OS ALTOS E BAIXOS DOS ARRUACEIROS DE NOVA YORK