Anthony Kiedis e Flea, do Red Hot Chili Peppers, Erykah Badu e Chaka Khan estarão no novo disco de Seu Jorge

O cantor e compositor também se se prepara para a possibilidade de viver o Jimi Hendrix nos cinemas: "fui sondado para fazer o filme"

Redação Publicado em 12/04/2013, às 13h21 - Atualizado às 13h27

Seu Jorge
Divulgação / Universal Music

Seu Jorge anunciou que está trabalhando em um novo disco, com inesperadas participações especiais. O cantor e compositor informou ao site Glamurama que o trabalho terá as participações dos integrantes do Red Hot Chili Peppers, como o vocalista Anthony Kiedis e o baixista Flea, além e Erykah Badu, Chaka Khan, o rapper Mos Def. Entre as participações nacionais, Seu Jorge revelou apenas a presença de Marisa Monte.

Iggy Pop e Ke$ha, U2 e Seu Jorge: relembre parcerias inusitadas da música

“Uma vez eu fui ao rancho do Mark D., dos Beastie Boys, e o Antony estava lá”, contou o músico. “Foi ele quem se aproximou e veio falar comigo. Perguntou se não era eu quem tinha feito A Vida Marinha com Steve Zissou (2004) e cantado [David] Bowie no filme. Eu fiquei muito feliz e falei o quanto ele era adorado no Brasil. Com Flea eu estive antes de vir para o Brasil dessa vez, e foi bem bacana.”

A ideia de Seu Jorge, que atualmente mora em Los Angeles, é tentar aproximar ainda mais a cultura norte-americana da brasileira, através desse intercâmbio musical. Como o que foi feito com o disco Almaz, de 2010, que fazia versões de grandes músicas nacionais, interpretadas por ele, o produtor Antonio Pinto (baixo), e os integrantes da Nação Zumbi Lúcio Maia (guitarra) e Pupillo (bateria). “Acredito que através desse trabalho, muitos artistas gringos vão se aproximar do gênero da nossa música, dos nossos artistas e da nossa cultura”.

Enquanto isso, Seu Jorge aguarda o resultado das negociações entre a família de Jimi Hendrix e produtores que o chamaram para um teste para viver o guitarrista nos cinemas. “Fui sondado para fazer o filme e, assim como outros atores, estou me preparando para o papel”, disse ele. “Só vamos saber quando pintar a convocação. Acho que me escolheram por parecer fisicamente com ele e ser músico.”