Anticristo, de Lars Von Trier, vai virar game

Polêmico filme será transformado em jogo disponível apenas para download; lançamento deve ser feito em 2010

Da redação Publicado em 24/06/2009, às 13h52

O filme Anticristo, do diretor dinamarquês Lars Von Trier, será transformado em game. A trama, que causou polêmica no último festival de Cannes por conter cenas de automutilação e violência, promete repetir a dose na versão em game, batizada Eden.

Morten Iversen, diretor responsável pelo jogo, afirmou que a ideia partiu do próprio cineasta. "Ele [Von Trier] vem circulando internamente a ideia de que fazer um jogo seria um bom negócio", disse ao blog MTV Multiplayer. "[O filme] vai contra todas as convenções de como e o que se pode fazer com um jogo. Crianças mortas, nudez, violência explícita. Seria bastante controverso e incomparável a qualquer outro."

Iversen informou que o game será disponibilizado apenas para download, para Xbox Live e Steam - redes online do console da Microsoft e PC, respectivamente. O filme ganhou versão alternativa, mais leve, em países como Estados Unidos e Itália - e o mesmo deve acontecer com o game em determinados territórios.

A princípio, a ideia é fazer com que os jogadores preencham um perfil, descrevendo quais são suas fobias pessoais - assim, as telas serão formatadas a partir dos medos de quem joga. O lançamento está previsto para 2010.

Anticristo chega aos cinemas brasileiros em agosto.