A$AP reage à condenação de agressão na Suécia: "Desapontado"

O rapper não cumprirá pena de prisão, mas pagará indenização à vítima pela agressão

Redação Publicado em 15/08/2019, às 12h50

None
A$AP Rocky (Foto: Richard Shotwell/Invision/AP)

A$AP Rocky divulgou uma declaração no Instagram sobre a decisão do juiz sueco que o considerou culpado de agressão por uma briga nas ruas de Estocolmo no começo de julho. 

"Estou obviamente desapontado com o veredicto de hoje. Eu quero agradecer novamente a todos os meus fãs, amigos e todos que me mostraram amor durante esse período difícil. Eu vou continuar seguindo em frente. Obrigado à minha equipe, minha gerência, advogados e todos que defenderam a justiça."

+++ LEIA MAIS: A$AP Rocky se declara inocente, mas novo vídeo pode atrapalhar julgamento

Apesar de ter sido declarado como culpado, A$AP, Bladimir Corniel e David Rispers, que também se envolveram na situação, não terão que cumprir pena de prisão. Eles terão que pagar indenização às vítimas, ao mesmo tempo em que reembolsam o estado por "despesas e assessoria jurídica pública".

No caso, o Tribunal Distrital de Estocolmo constatou que o rapper e seus associados não estavam agindo em legítima defesa quando atacaram Mustafa Jafari, um homem de 19 anos que os seguia.

+++ LEIA MAIS: Tyler, the Creator inicia um boicote à Suécia em apoio a A$AP Rocky

O veredicto veio duas semanas após o juiz decidir adiar o caso, libertar os três réus da prisão e permitir que eles deixassem o país. Rocky se apresentou pela primeira vez após ter sido preso, no Real Street Festival, em Anaheim, Califórnia, onde falou sobre o julgamento e sua prisão. 

Várias personalidades rappers e até o presidente Donald Trump demonstraram apoio ao músico e se manifestaram sobre o caso ao longo do mês de julho.

LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019