A$AP Rocky se declara inocente, mas novo vídeo pode atrapalhar julgamento

O rapper foi preso na Suécia no começo de julho, após ser acusado de agressão

Redação Publicado em 01/08/2019, às 15h31

None
A$AP Rocky (Foto: Richard Shotwell/Invision/AP)

Nesta quinta, 1° de agosto, aconteceu a segunda etapa do julgamento de A$AP Rocky na Suécia, após o rapper ter sido preso no começo de julho por uma acusação de agressão, feita por Mustafa Jafari. Ambos compareceram à corte para depor.

De acordo com Larissa Kennedy, repórter da BBC, o homem alegou que o músico e mais três amigos o atacaram, e que usaram até garrafas de vidro como arma. Rocky se declarou inocente, e disse que agiu em legítima defesa após o rapaz seguir ele e seus companheiros, ignorar os pedidos para que parasse e ainda agredir o segurança do artista.

+++Leia mais: Donald Trump exige que A$AP Rocky seja solto de prisão na Suécia

"Só queríamos nos livrar deles", contou o rapper, antes de relatar que ele e seu grupo só queriam andar em paz e não queriam se envolver em briga. Apesar dos pedidos, Jafari continuou seguindo, e foi essa insistência, somada à agressão contra o segurança, que levou o músico a se exaltar. 

O site TMZ compartilhou na última quarta, 31, um vídeo em que o guarda-costa de Rocky aparece enforcado e empurrando o acusador. Essas novas imagens podem atrapalhar um resultado a favor do músico, já que, na cronoliga dos fatos, a gravação antecederia qualquer contato físico denunciado.

Assista ao novo vídeo abaixo.

 

+++ ENTREVISTA RS: Rubel fala de carreira acidental, conta como criou "Partilhar" e que quer ser popular