Apoiadora pede e Bolsonaro diz que 'ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina' contra Covid-19

A declaração do presidente da República foi feita após uma mulher pedir para não “fazer esse negócio de vacina”

Redação Publicado em 01/09/2020, às 08h26

None
Presidente Jair Bolsonaro (foto: Andressa Anholete / Getty Images)

 Jair Bolsonaro disse que “ninguém pode obrigar ninguém a tomar a vacina” contra a covid-19. Segundo O Globo, a declaração foi feita em resposta ao pedido de uma apoiadora para não “fazer esse negócio de vacina”.

No início do mês de agosto, o presidente da República editou uma Medida Provisória e liberou cerca de R$ 2 bilhões para o investir na pesquisa e distribuição de uma possível vacina contra o coronavírus

+++ LEIA MAIS: Governo de Bolsonaro é alvo de protestos no mundo todo por conta da Amazônia

Já na última segunda-feira, 31, Bolsonaro estava em frente ao Palácio da Alvorada quando foi questionado por uma apoiadora sobre o investimento. Ela disse: “Ô, Bolsonaro, não deixa fazer esse negócio de vacina, não, viu? Isso é perigoso”, disse a mulher, que, mais tarde, afirmou ser da “área de saúde, farmacêutica”. 

“A vacina… ninguém pode obrigar ninguém a tomar a vacina”, respondeu o presidente com um gesto similar a uma continência militar. 

+++ LEIA MAIS: Bolsonaro volta a atacar jornalista por pergunta sobre depósitos de R$ 89 mil de Queiroz para Michelle: ‘Deixa de ser otário’

A apoiadora ainda explicou que não é possível criar uma vacina em tão pouco tempo. “Em menos de 14 anos, ninguém pode botar uma vacina no mercado. Tem que proibir…”, disse a mulher, que não teve resposta. 

A conversa entre Bolsonaro e a apoiadora foi repercutida nas redes sociais. Confira o momento: 


+++ XAMÃ: MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO, DE NIRVANA A TUPAC