Após hiato de cinco anos, Pavilhão 9 retorna aos palcos no Lollapalooza Brasil

Em show no festival, grupo prometeu lançar novo single ainda este ano

Murilo Basso Publicado em 08/04/2012, às 01h09 - Atualizado às 01h28

Após hiato de 5 anos, grupo de rap Pavilhão 9 retornou aos palcos no Lollapalooza Brasil

Ver Galeria
(2 imagens)

Após hiato de cinco anos, o grupo de rap Pavilhão 9 retornou aos palcos no Lollapalooza Brasil. “É uma honra voltar abrindo o show do Foo Fighters. Estamos fazendo o esquenta pra eles”, brincou o vocalista Rhoss. O início do show foi prejudicado pelo som do palco Cidade Jardim, que exibia anúncios de um patrocinador do evento.

A apresentação começou com a canção “Otários Fardados”, crítica direta a Polícia Civil paulista, que na época de seu lançamento rendeu aos músicos uma série de ameaças. Durante a música, rodas de pogo foram abertas próximas ao palco. Ao longo do show, canções como "Execução sumária”, “Reação” e “Mundo louco” foram bem recebidas pelo público.

Os clichês do rap estão presentes durante toda a apresentação, mas o Pavilhão 9 consegue soar diferente, mesmo mantendo a essência do gênero: fortes críticas sociais auxiliam na criação de um repertório atual.

Ao final o grupo distribuiu CDs e prometeu lançar um novo single. “Queríamos ter gravado um single para este show, mas não deu tempo. Agora estamos de volta e vem novidade pra vocês”, disse Rhossi.