Após boatos, representante diz que Courtney Love não mudará nome artístico

“Courtney Love está morta”, disse a cantora em entrevista ao NME; porta-voz explica que depoimento foi descontextualizado

Da redação Publicado em 21/04/2010, às 19h00

"Courtney Love está morta", disse a própria, em entrevista à publicação britânica NME, da qual é a capa nesta semana. A declaração, que deu a entender que Love alteraria seu nome - e que assim foi divulgada por diversos veículos, teria sido descontextualizada, segundo o porta-voz da cantora, que afirmou, nesta quarta, 21, que Courtney Love permanecerá com seu nome artístico.

A frontwoman do Hole teria dito na entrevista que decidiu voltar a usar seu nome de nascença, Courtney Michelle Harrison, por não gostar mais de seu pseudônimo. "Nós a amamos quando ela sobe ao palco, mas não preciso dela no que diz respeito ao restante da minha vida", falou. "Foi ótimo por muito tempo ser 'Courtney Love', mas depois virou um pé no saco. 'Courtney Love' se tornou uma forma de opressão para mim."

Quando a cantora foi procurada pela MTV norte-americana para comentar a entrevista, seu porta-voz informou que a frase foi "100% retirada de seu contexto pela NME." "Ela não está mudando o nome, a não ser que seja para Courtney Love Mellencamp ou Big Baby Jesus", disse o representante. Segundo a MTV, a equipe do semanário britânico não foi encontrada para se pronunciar sobre o ocorrido.

Para assistir ao trailer do documentário da vocalista do Hole, feito pelo site do NME em parceria à VBS.tv, clique aqui.