Pulse

Após processar Slipknot, Chris Fehn quer voltar para a banda

O percussionista tocou com o grupo por 20 anos

Redação Publicado em 07/10/2019, às 18h11

None
Chris Fehn, ex-percussionista do Slipknot (Foto:Amy Harris/Invision/AP)

Após ser demitido do Slipknot no início deste ano logo depois de entrar com uma ação contra a banda, o percussionista Chris Fehn mostrou ter uma opinião otimista sobre um possível retorno dele para o grupo, segundo comentou neste último sábado, 5. 

Desde fevereiro, Fehn passou a usar menos as redes sociais e só postou duas fotos no Instagram desde o segundo mês do ano até esse último final de semana. No sábado, 5, publicou uma foto ao lado do filho e foi em um dos comentários dela que ele demonstrou ter interesse em voltar para o Slipknot.  

+++LEIA MAIS: Empresário do Slipknot diz que Chris Fehn era apenas alguém contratado pela banda

O percussionista escreveu na publicação: "Desculpe pelo atraso nas minhas postagens. Acho que todos vocês podem entender. Nova vida. Pai. Adorando!"

Em resposta, um seguidor comentou: "Por favor, volte para o Slipknot". Logo, Fehn respondeu: "Um dia".

+++LEIA MAIS: Integrante do Slipknot chama Chris Fehn de inútil

Veja a resposta:

Depois dessa publicação, o músico postou várias fotos seguidas durante todo o final de semana até essa segunda, 7.

No início de março, Chris Fehn processou os integrantes do Slipknot por acreditar que os colegas estavam escondendo dinheiro dele e tinham empresas das quais ele não tinha conhecimento.

Foram quatro acusações: duas por quebra de responsabilidade fiduciária, uma por quebra de contrato, e uma por enriquecimento ilícito. Desde então, Corey Taylor, frontman do Slipknot, o expulsou do grupo e garantiu que nada disso tinha acontecido.