Após protestos e adiamento, live-action de Mulan não vai estrear nos cinemas

O longa será lançado na plataforma Disney+ em setembro

Redação Publicado em 04/08/2020, às 19h25

None
Liu Yifei como Mulan. (Foto: Divulgação)

A Disney anunciou nesta terça, 4 de agosto, que o live-action de Mulan não irá estrear nos cinemas. Segundo a empresa, o filme será lançado no Disney+ em 4 de setembro por US$ 29.99 (equivalente a R$158,74). As informações são da Variety.

+++Leia mais: Manifestantes de Hong Kong pedem boicote à nova versão de Mulan após atriz apoiar polícia local

A estreia do filme gerou algumas polêmicas anteriormente. Devido ao coronavírus, o lançamento já tinha sido adiado do calendário do cinema, e além disso, pessoas pediram boicote ao longa após a protagonista Liu Yifei apoiar ação da polícia em protestos em Hong Kong no início do ano.

Segundo o CEO da Disney, Bob Chapek, a estreia na plataforma de streaming foi uma medida necessária:  "Estamos vendo Mulan como um caso pontual, em vez de dizer que estamos vendo um novo modelo de janela de negócios".

+++LEIA MAIS: 5 curiosidades sobre Mulan: Mushu desrespeitoso, Christina Aguilera e mais

Mulan é dirigido por Niki Caro e protagonizado por Yifei Liu no papel da jovem chinesa que se disfarça de guerreiro para salvar o pai.


+++RAP, FUNK E PAGODE NA ENTREVISTA COM OROCHI: 'SOU ESSA MISTURA LOUCA' 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS