Após restauração, lendária travessa Beco das Garrafas volta a funcionar e terá show da banda francesa Nouvelle Vague

Área que foi berço da bossa nova no Rio de Janeiro ganha nova programação com apresentações de Letuce, Alice Caymmi e Tiê, entre outros

Redação Publicado em 17/09/2014, às 18h32 - Atualizado às 18h43

Nouvelle Vague é o coletivo criado por Marc Collin e Olivier Libaux com a participação de outros artistas
Reprodução/MySpace oficial

A lendária travessa conhecida como Beco das Garrafas volta a funcionar na região de Copacabana, no Rio de Janeiro, a partir desta quinta-feira, 18. A área localizada entre os números 21 e 37 da rua Duvivier – famosa por ser um dos berços da bossa nova – terá a reabertura do Bottle’s Bar e do Little Club, com nova programação musical.

Edição 72 - Depois de anos fazendo covers, o Nouvelle Vague enfim prepara disco próprio.

Com o projeto arquitetônico de Felipe Morozini, o Beco das Garrafas retorna à noite carioca para resgatar elementos da história da música e da capital do Rio de Janeiro. A curadoria é de responsabilidade do produtor Alexandre Kassin, que levará ao Bottle’s Bar artistas como Letuce, Lucas Arruda, Ultraleve, Alice Caymmi, Tiê, entre outros. Já o Little Club terá festas animadas por DJs com sets inspirados na bossa nova.

Saiba mais sobre a passagem do Nouvelle Vague pelo Brasil em 2007.

Na sexta-feira, 3 de outubro, o Bottle’s Bar terá uma apresentação da banda francesa Nouvelle Vague, que apresentará um repertório baseado no estilo musical que deu fama ao Beco das Garrafas. Com capacidade para 80 pessoas, o Bottle’s Bar retorna com programação musical de quinta a sábado, enquanto o Little Club funciona apenas aos dias de sábado. Após as três primeiras semanas de reinauguração, o Bottle’s Bar terá atrações todos os dias da semana, com programação organizada por Amanda Bravo, uma das sócias e realizadoras do projeto.