Após rumores, gravadora do LCD Soundsystem nega shows de reunião

“Ei, idiotas, o LCD Soundsystem não irá se reunir”, escreveu executivo da DFA Records no Twitter

Rolling Stone EUA Publicado em 09/10/2015, às 11h00 - Atualizado às 12h54

James Murphy

Ver Galeria
(4 imagens)

Um representante da gravadora do LCD Soundsystem escreveu um série de tuítes refutando os rumores de que o grupo se reuniria em 2016, depois de reportagens recentes sugerirem a possibilidade. “Ei, idiotas, o LCD Soundsystem não irá se reunir”, escreveu o executivo da DFA Records Kris Petersen. “Eles estão mortos”. Cofundador da DFA, Jonathan Galkin também negou os rumores ao Pitchfork.

Entrevista: James Murphy conta como foi produzir o disco Reflektor, do Arcade Fire.

A origem de todos os rumores foi o site norte-americano especializado em música Consequence of Sound, que se baseou em “múltiplas fontes” anônimas para confirmar que a banda teria intenção de tocar em “pelo menos três festivais de grande porte” nos Estados Unidos e no Reino Unido. Outros sites também replicaram a informação, alguns citando outras fontes anônimas.

No Twitter, Petersen chamou as “múltiplas fontes” do Consequence of Sound de “alguns idiotas no quadro de avisos do [festival] Coachella”. Ele também fez um comunicado ao Vulture. “LCD Soundsystem não irá se reunir no Coachella do ano que vem”, escreveu ele. “Tenho certeza que alguns festivais ofereceram uma pilha tentadora de dinheiro, mas não há verdade nisso. Podemos todos continuar com a porra das nossas vidas?”

James Murphy: dance music comercial "me dá vontade de vomitar”.

Ainda que representantes da banda se recusem a comentar, um representante da DFA Records disse à Rolling Stone EUA: “Esta empresa não tem conhecimento de nada relacionado a qualquer reunião”. Um representante da Monotone, companhia do líder do grupo, James Murphy, também disse à RS EUA que “não tem conhecimento de nenhuma reunião.”

O LCD Soundsystem fez o ultimo show da banda em abril de 2011 no Madison Square Garden, em Nova York. Recentemente, eles lançaram uma caixa com cinco vinis com toda a apresentação – que durou quase quatro horas – chamada The Long Goodbye. O grupo ainda promoveu uma exposição “Long Goodbye” na loja de discos do Brooklyn Rough Trade, incluindo a audição do disco e fotografias.