Após show em Fortaleza, Paul McCartney se despede do Brasil e escreve carta aos fãs: “O público brasileiro é incrível”

O ex-beatle ainda brincou com os gafanhotos que subiram ao palco em Goiânia

Redação Publicado em 10/05/2013, às 09h15 - Atualizado às 14h48

Paul McCartney em Fortaleza
Marcos Hermes/Divulgação

Paul McCartney fez o último show em território brasileiro nesta quinta, 9, no estádio Arena Castelão, em Fortaleza. Com isso, o ex-beatle se despede do Brasil, depois de ter escolhido o país para estrear a turnê Out There, com três shows em lugares que eram inéditos para ele – Belo Horizonte (sábado, 4) e Goiânia (segunda-feira, 6) completam o trio.

A apresentação no Ceará teve 36 músicas e foi iniciada às 21h35. Segundo a produção da turnê de Macca por aqui, 50 mil pessoas estiveram presentes no Castelão.

O músico aproveitou a despedida para escrever uma carta-aberta ao público brasileiro, que compareceu em peso nos três novos shows dele no país. “O público brasileiro é incrível. E é esta a razão para nós voltarmos”, começa Paul. “Todos os shows dessa semana foram incríveis.”

McCartney ainda lembrou do curioso número de fãs imprevistos em Goiânia: os gafanhotos que tomaram o palco durante a apresentação (vejas fotos e leia mais aqui). “A multidão foi simplesmente maravilhosa e, é claro, em Goiânia ainda tivemos os gafanhotos, o que foi inacreditável. Ninguém poderia prever isso!”

Leia abaixo a carta completa de Paul McCartney:

“O público brasileiro é inacreditável. E é esta a razão para nós voltarmos. Todos os shows desta semana foram incríveis. A multidão foi simplesmente maravilhosa e, é claro, em Goiânia ainda tivemos os gafanhotos, o que foi inacreditável. Ninguém poderia prever isso!

Eu gostaria de agradecer a todos que foram nos ver, nós nos divertimos bastante. Eu, minha banda e minha produção, tivemos grandes momentos e grande parte disso por causa das reações da plateia. Então, obrigado a todos por serem tão legais, por estarem prontos para festejar e por amarem a nossa música.

Paul McCartney”