Apple fecha acordo com representantes de Eminem

Concordata entre as partes conclui julgamento sobre a venda não autorizada de músicas do cantor na loja virtual iTunes

Da redação Publicado em 03/10/2009, às 15h29

Um acordo entre a Apple e representantes do rapper Eminem selou a disputa judicial, aberta na última semana, sobre a venda não autorizada de músicas do cantor na loja virtual iTunes. A informação é da agência Associated Press.

Sem dar detalhes da concordata, o advogado da editora Eight Mile Style, responsável pelas canções do artista, contou apenas que tudo foi resolvido na noite da última quinta-feira, 1º de outubro.

A princípio, a ação contra a megacorporação e a gravadora Aftermath Records reclamava pelos direitos autorais de 93 músicas de Eminem colocadas para download. A editora declarou que o contrato com Aftermath Records não autorizava a gravadora a fechar uma parceria à parte com a Apple para vendar as faixas digitalmente.

No primeiro julgamento, em 24 de setembro, a Eight Mile pedia milhões de dólares de indenização, em referência ao valor que não recebeu pela venda das músicas. O advogado da Apple e da Aftermath ainda não se pronunciaram sobre o acordo.