Pulse

Jack Bruce terá apresentações de 1993 lançadas em CD e DVD

Rockpalast: The 50th Birthday Concerts traz o ex-baixista do Cream ao lado de Ginger Baker, Bernie Worrell e Gary Moore

Rolling Stone EUA Publicado em 13/11/2014, às 16h08 - Atualizado às 17h33

Jack Bruce

Ver Galeria
(2 imagens)

As apresentações feitas pelo ex-baixista do Cream, Jack Bruce, em 1993, para celebrar o 50º aniversário dele, serão lançadas no próximo dia 2 de dezembro. Os shows, que contam com uma banda recheada de estrelas da música, chegarão às lojas com o nome de Rockpalast: The 50th Birthday Concerts, em vários formatos.

Dez grandes shows da história do Grammy.]

Nas duas noites de comemoração, Bruce foi acompanhado por Simon Phillips e pelo ex-companheiro de Cream Ginger Baker (ambos na bateria), pelo tecladista do Parliament-Funkadelic Bernie Worrell, e pelos guitarristas Gary Moore e Clem Clempson, entre outros. As performances foram gravadas no E-Werk, em Colônia, na Alemanha, nos dias 2 e 3 de novembro de 1993.

Conheça dez bichos de estimação que inspiraram o rock e o pop.

Os registros estarão disponíveis em DVD simples, em CD/DVD, em versão digital e em uma edição especial em CD/DVD – esta, contendo o DVD extra de entrevistas e um documentário, um livreto de 12 páginas com comentários e um CD extra, chamado The Lost Tracks.

O setlist da apresentação percorre toda a eclética carreira do baixista, incluindo uma boa quantidade de clássicos do Cream – como “White Room”, além de uma versão com trompa do hit “Sunshine of Your Love”.

Saiba mais sobre a coletânea de relançamento Cream 1966-1972.

Bruce morreu no último dia 25 de outubro, cercado pela família, após – segundo o que foi noticiado – uma luta contra complicações no fígado. Ele tinha 71 anos de idade. “O mundo da música será um lugar mais pobre sem ele, mas ele vive na música que fez e eternamente em nossos corações”, comentou a família dele em comunicado divulgado após a morte.

No começo deste ano, Bruce lançou o que seria o último álbum de estúdio da carreira dele, Silver Rails. “Gosto de aproveitar a minha vida. Eu estava com medo de fazer esse novo trabalho. Coloquei o meu corpo e a minha alma nele e estou muito feliz com o resultado”, disse o baixista em entrevista à Rolling Stone EUA em abril.